Top Post

Janeiro/2019




26 . Jan . 2016

Conhecidos os campeões de 2015 no beach soccer

Em: Futebol Amador
O Santa Cruz fez bonito na competição e mereceu o título de campeão no futebol feminino

O Santa Cruz fez bonito na competição e mereceu o título de campeão no futebol feminino

Raniery Soares

            Finalmente aconteceram as finais da temporada 2015 do Campeonato Paraibano de Beach Soccer. Por conta das festividades de fim de ano e adiamentos ocasionados pelas condições climáticas, a Federação Paraibana de Beach Soccer (FPBS) realizou no domingo, as finais das categorias Sub-17, onde o Gama/Clube Maníacos foi o campeão, além do Adulto (Masculino e Feminino) com o SEP de Pilar e o Santa Cruz sendo tricampeões, respectivamente.

            Na primeira disputa, os garotos do sub-17 dominaram as areias da Arena Cabo Branco. O Gama/Clube Maníacos, do técnico Wendel Lima, conseguiu derrotar o Palmares/Projeto Gol de Vida por 4 a 2, com gols de Rafael e Manoel Pedro, que marcou três vezes. Depois, a mulherada entrou em cena para um confronto que rendeu até o tempo extra e após o empate em 2 a 2, o Tricolor acabou vencendo o Vitoria/Clube Maníacos por 6 a 2.

            O encerramento aconteceu com o confronto entre o SEP de Pilar e a favorita Atlética Moroni, que acabou sendo desbancada pelo time do Brejo. O jogo acabou em 3 a 1 para os visitantes, com destaque para Iury (que marcou duas vezes) e Danilo, completando o placar.

            Para o presidente da Federação Paraibana, Ailton Cavalcanti, este primeiro semestre do ano servirá para projetar junto com os filiados, as competições deste ano e fechar o calendário previsto para o beach soccer paraibano.

26 . Jan . 2016

Vergonha

Em: Coluna

Se o Ministério Público agir com mais um pouco de rigor nas suas ações, assim como os membros que integram a comissão de vistoria, os estádios  colocados a disposição da Federação Paraibana de Futebol para as disputas do Campeonato Paraibano deste ano não serão aprovados. O quadro é ruim, numa prova real que o interesse é mínimo pelo futebol profissional da Paraíba.


Até os estádios Almeidão, em João Pessoa e Amigão,em Campina Grande,  que são os melhores da Paraíba, não atendem as exigências do Estatuto do Torcedor. São duas estruturas abaladas há muito tempo e as reformas divulgadas ficaram pelo meio do caminho. Basta uma chuva forte para se conhecer a realidade dos dois campos. Infelizmente o quadro é esse e os remendos vão continuar.


Acredito no trabalho que vem sendo realizado pelo promotor de justiça, Valberto Lira. As cobranças são justas e visam a segurança e o conforto para quem vai aos estádios da Paraíba. As reclamações são muitas, mas Valberto Lira coloca a seriedade e a responsabilidade na frente de tudo, pois quer evitar que o pior aconteça.


Enquanto os campos não são aprovados, os clubes treinam, alguns já pensando em jogar sempre fora de casa. O Ministério Público está atento a tudo e a todos, pelo bem do futebol paraibano. Faz tempo que se alerta sobre a realidade dos estádios da Paraíba, mas os reparos sempre são deixados para a última hora. Isso é mais que perigoso e pode atrapalhar a rodada de abertura marcada para o dia 30. Nada de impossível.

É paixão

Jason Alexander, que é coordenador de esportes radicais da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejer), é mesmo um apaixonado pelo que faz. As dificuldades  são muitas, mas ele não desanima  e realiza hoje de manhã, o Jampa Push Race. É no peito e na raça queJason Alexander avança.

Positivo

Quem está feliz da vida com a pré-temporada do Botafogo é o diretor de finanças, Sérgio Meira, que inclusive teve uma bela passagem como secretário de esportes de João Pessoa. Pelo trabalho que vem sendo realizado pela diretoria e com o apoio dos torcedores, Sérgio Meira acredita que 2016 será um ano positivo para a família botafoguense. A empolgação de Sérgio Meira é importante e contagia diretores, conselheiros e torcedores. Muito bom.

Negativo

Quem está feliz da vida com a pré-temporada do Botafogo é o diretor de finanças, Sérgio Meira, que inclusive teve uma bela passagem como secretário de esportes de João Pessoa. Pelo trabalho que vem sendo realizado pela diretoria e com o apoio dos torcedores, Sérgio Meira acredita que 2016 será um ano positivo para a família botafoguense. A empolgação de Sérgio Meira é importante e contagia diretores, conselheiros e torcedores. Muito bom.

No Foco

O presidente da Apcef-PB, Carlos Espínola, informa que continua com matrículas abertas para a natação, o futsal e o futebol de 7. Os interessados (sócios e não sócios) devem se dirigir a sede do Altiplano Cabo Branco, ou fazer contato pelo telefone 3226-3105. No esporte, a Apcef--PB tem nota máxima.

Novo gramado

O campo de futebol do Clube dos Oficiais está recebendo um novo gramado. A Escolinha de Futebol está com suas atividades na praia e os Oficiais estão jogando no campo da Ansef. O presidente do COPM-BM, Coronel Francisco, considera todo sacrifício válido. O campo vai receber nota 10.

Projeto Jasfa

O professor Josué Cavalcanti começa a temporada 2016 em clima de euforia. É que o Projeto Jasfa, que tem revelado talentos no basquete de João Pessoa, com suas atividades na quadra de Manaira, agora terá treinamentos na Escola Municipal Seraphico da Nóbrega, que ganhou tabelas cedidas pela Prefeitura de João Pessoa. A garotada e Josué Cavalcanti agradecem.


 

17 . Jan . 2016

Novinho

Em: Coluna

Se depender do otimismo e das ações do presidente Guilherme Carvalho (Novinho), o Botafogo terá uma temporada positiva e bem diferente daquilo que aconteceu no ano passado. O homem está trabalhando dia e noite de comum acordo com os diretores e conselheiros só para fazer a torcida feliz em 2016. Pelo menos foi o que deixou transparecer numa rápida conversa que tivemos, na Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer.


E na conversa franca e descontraída, Guilherme Carvalho lembrou de nomes como Nelson Lira, Breno Morais, Raimundo Nóbrega e Sérgio Meira, que fazem parte do conjunto de ações que fortalecem o Botafogo. Novinho deixou bem claro que distribuiu tarefas em todos os segmentos do clube e que essa descentralização está facilitando o planejamento que foi elaborado para 2016.


Como foi presidente do Conselho Deliberativo de Nelson Lira e cumpriu bem sua missão, Novinho não está encontrando dificuldades para administrar o Botafogo. As dificuldades existem e vão sempre existir, mas a vontade de trabalhar é grande e tudo caminha muito bem, com uma administração viável, organizada e bem profissional.


E como diz Novinho, com o Botafogo bem,  todo mundo sai ganhando. Por isso mesmo ele sempre pede a união e ações positivas em todos os segmentos esportivos de João Pessoa para que o Botafogo possa crescer cada vez mais. É bom lembrar que o momento é de crescimento, mas a diretoria do Botafogo precisa de mais patrocinadores para bancar os compromissos assumidos. Se todo mundo colaborar, 2016 será bem diferente.

Vermelho e Branco

Gilberto Ruy, que é atleta do beach tennis e coordena a comissão organizadora do tradicional Vermelho e Branco, está mobilizando atletas de diversas modalidades do Cabo Branco, para o carnaval da próxima sexta-feira. Contatos pelo telefone 3031 5948.

Positivo

Repercute bem a parceria que o Botafogo fechou com o Santa Cruz de Santa Rita, cedendo o técnico Ramiro Sousa e mais oito atletas que disputaram a Copa São Paulo de Futebol Juniores. Agora a diretoria do Santa Cruz de Santa Rita respira mais aliviada para poder fortalecer a formação do novo elenco. O clube ainda enfrenta uma série de dificuldades e espera pela força dos patrocinadores. Os empresários da cidade bem que poderiam colaborar.

Negativo

Pelo que se comenta nos bastidores, o estádio Teixeira não oferece condições de atender as exigências do Estatuto do Torcedor. Tudo indica que mais uma vez o Santa Cruz será prejudicado, assim como a sua torcida. Se o campo não passar na vistoria, o Tricolor dos Canaviais será obrigado a fazer seus jogos fora de Santa Rita, o que vai gerar mais despesa. A Prefeitura de Santa Rita bem que poderia evitar todo esse sofrimento, investindo na reforma do Teixeirão.

No Foco

O coach Juniere Medeiros já está planejando a sua agenda de trabalho para a temporada 2016. Pelas ações de 2015, ele vem recebendo convites de várias instituições, mas ainda não fechou parceria. Juniere Medeiros que foi campeão brasileiro de futsal com o Clube dos Oficiais, está cheio de motivação. É Top!

Bloco Contra Dengue

A Loja Maçônica Estrela D”Alva, de Lucena, está organizando o Bloco Contra Dengue que sairá no domingo de carnaval, pela manhã. Será um arrastão contra a Dengue. Landsberg do Nascimento que  coordenará a ação, também quer a presença dos amantes do futebol e de quem pratica trilha em Lucena.

Beach Soccer

Quem está treinando forte e vivendo uma fase positiva no beach soccer é Reyder(D), filho do saudoso radialista Fernando Gabeira. Na arena da Federação Paraibana de Beach Soccer, na praia do Cabo Branco, Reyder também recebe a orientação do experiente treinador, Isaías Isidro. Como vive um bom momento no beach soccer, Reyder tem recebido propostas e pode trocar de Estado em 2016.

13 . Jan . 2016

Definidos

Em: Coluna

Botafogo e Campinense encararam com naturalidade os adversários da primeira fase da Copa do Brasil. O time de João Pessoa começa a competição contra o Clube Atlético Linense, lá no interior de São Paulo, enquanto que o de Campina Grande estreia diante do Cruzeiro no Amigão. Que venham as novas emoções para animar os torcedores das duas equipes.


O Botafogo estreia fora de casa e contra o Linense que pretende fazer história na Copa do Brasil. Com certeza será uma disputa muito difícil, até porque o adversário vai querer fazer um bom resultado em casa para evitar muita desvantagem na partida da volta. O Linense disputa a Série A1 do Campeonato Paulista e com certeza será osso duro de roer nesse primeiro confronto na presença da sua torcida.
 

O Campinense tem a chance de arrecadar bem mais que o Botafogo, pois encara o Cruzeiro que é uma equipe de tradição no futebol brasileiro. Também será uma partida muito difícil, mesmo com a estreia programada para o estádio Amigão. Cabe ao elenco comandado pelo técnico Francisco Diá mostrar garra e determinação para fazer a sua torcida feliz nesse primeiro grande desafio da temporada 2016.


A Copa do Brasil é uma competição difícil e cheia de surpresas. Botafogo e Campinense sabem disso e por isso mesmo investiram nas contratações para a temporada 2016. Agora resta saber como os times vão se comportar em campo, depois da pré-temporada que foi iniciada em dezembro e com as duas equipes cheias de novidades. Os torcedores prometem apoiar e os dirigentes acenam com novos investimentos. Tudo é questão de tempo e resultados.

Tranquilo

O presidente do Botafogo, Guilherme Carvalho, tem mostrado muita tranquilidade neste início de ano. Acredita que o time tem tudo para ser vitorioso e avança com ações positivas, contando com o apoio do conselheiros e diretores. As dificuldades existem, mas a confiança é maior.

Positivo

O presidente do Cabo Branco, Antônio Toledo, fez uma reunião com diretores, conselheiros e as principais lideranças do clube. Na oportunidade fez uma prestação de contas transparecente e objetiva para a satisfação geral dos presentes. Toledo saiu do encontro mais do que satisfeito, pois foi capaz de responder com muita propriedade todos os questionamentos sobre a sua gestão e ações. Nada ficou no anônimato.

Negativo

Ainda não existe nenhuma definição sobre o andamento do Campeonato Paraibano de Futebol Feminino. E as denúncias que foram feitas? A Federação Paraibana de Futebol precisa se pronunciar sobre o assunto, pois nos bastidores o caldeirão está esquentando e vem mais denúncias por aí. O quadro parece ser mais grave do que se imagina por conta das irregularidades de algumas equipes na etapa incial do torneio.

No Foco

O professor Rogério Velinho foi convidado para comandar o Santa Cruz no Paraibano, mas decidiu ficar só com o time feminino, pois é professor da Faculdade Mauricio de Nassau e coordenador de esportes da AABB de João Pessoa.

Escolinha do COPM

Com os professores Massilon Moreira e Everton Vilar seguem amanhã, 19h, as  atividades da Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais, na arena da Federação Paraibana de Beach Soccer, na praia do Cabo Branco, em frente ao Corpo de Bombeiros. Contatos pelos fones 98787 5263 e 99981 5263. Sábado, tem amistoso contra o Santos, no Geisel.

IESP no esporte

A diretora do Iesp, Erika Marques e o presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues (E) se reuniram para alinhar parcerias entre às instituições. Dentre as possibilidades o suporte dos cursos de Educação Física, Nutrição, Enfermagem, Fisioterapia e Odontologia, assim como várias outras demandas que surgirem.

10 . Jan . 2016

Outra vez

Em: Coluna

O Campeonato Paraibano está programado para começar no dia 30, mas o futebol ainda navega no mar da indefinição. Antes mesmo do Natal, já rolava essa conversa de que o presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues, não continuaria no cargo em 2016.

Um amigo verdadeiro, que também é amigo e que conhece muito bem o dia a dia de Amadeu Rodrigues, me disse isso com a maior certeza do mundo. Para complicar ainda mais a situação, tem a denúncia do Nacional de Patos sobre as irregularidades na Segunda Divisão do Campeonato Paraibano, que pode inclusive afastar o Esporte de Patos da elite deste ano. Um novo julgamento acontece amanhã, e pelo que se comenta em Patos, o Esporte está sem dinheiro para montar o time e também para recorrer, se for perdedor no tapetão.
 

E para fugir de toda essa pressão, Amadeu Rodrigues decidiu estender o seu recesso, evitar contato com a imprensa e deixar tudo por conta do destino. Está pagando um preço alto, pois mesmo com toda pressão recebida, deveria mostrar que está com o propósito de mudar a realidade do nosso futebol e não fugir da responsabilidade.


A confusão é grande e acredito que dias piores virão, pois acima de tudo estão os interesses pessoais e a ganância pelo poder. O futebol está em segundo plano e isso é ruim, principalmente para os clubes que estão investindo alto para esta temporada. O quadro é complicado e vai se complicar muito mais antes da bola rolar no dia 30. Se é que vai rolar mesmo.

No Vasco

Destaque no basquete paraibano nos últimos anos, o atleta Franco Neto, que defende as cores do Colégio Motiva de João Pessoa, foi convidado e está no Rio de Janeiro, para um período de testes no Vasco da Gama. Tem talento de sobra para defender o time carioca.

Positivo

Foi de bom nível a reunião entre o secretário de Defesa do Consumidor de João Pessoa, Helton Renê e o presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim. Ambos vão trabalhar a possibilidade de viabilizar a implantação de novos projetos na área esportiva. Helton Renê apresentou propostas importantes que com certeza poderão fortalecer ainda mais o esporte de João Pessoa. Bosco Crispim ficou satisfeito.

Negativo

Gil Baiano precisa entender, que ele é quem está tumultuando o ambiente no Treze. A nossa repórter, Geovanna Teixeira, no exercício legal da profissão, está apenas cumprindo pautas. O que Gil Baiano precisa é aprender a prática dos bons costumes e da ética. A diretoria do Treze precisa agir rápido, pois Gil Baiano está mostrando que não tem qualificação nenhuma para exercer a função de gerente de futebol de um clube de nível, como é o Treze.

No Foco

Além de trabalhar na recuperação do gramado e de toda a estrutura do campo de futebol, a diretoria do Clube dos Oficiais também investe na sede de Campina Grande, que já bem frequentada pelos Oficiais. O presidente do COPM-BM, Coronel Francisco de Assis, planeja ações importantes para 2016.

Amistoso

A Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais fará o primeiro amistoso do ano no próximo sábado, contra a Escolinha do Santos. Os jogos serão realizados no compplexo esportivo do Santos, no Geisel. A Escolinha do COPM-BM vem treinando forte na praia do Cabo Branco.

ECMP

O Esporte Clube Meninos da Paraíba - ECMP - voltou aos treinos com força total, já se preparando para as competições de 2016. A diretoria investe no trabalho visando o Paraibano de Futsal, Taça Cidade de Campina Grande e o Mundialito Go Cup 2016. Já as inscrições das escolinhas de futsal estão acontecendo para garotos a partir de 4 anos. Contatos pelos telefones 99133-4546 e 98888-7315.

 

06 . Jan . 2016

Animado

Em: Coluna

O Botafogo embalou mesmo no ritmo das contratações e anima a torcida neste início de temporada. A diretoria está investindo alto, levando em consideração a realidade financeira do nosso futebol, e com certeza vai exigir resultados significativos, até porque o técnico Itamar Schülle está sendo o responsável pela maioria das indicações.


Ainda é muito cedo, mas tudo indica que esse grupo do Botafogo vai fazer bonito na temporada 2016. A diretoria está contratando jogadores experientes indicados pela comissão técnica e isso deve influenciar e muito no rendimento ao longo deste ano. Claro que pode acontecer tudo diferente e o time repetir os erros do ano passado, mas acho que agora tudo vai ser diferente.


A maioria dos técnicos tem o seu grupo de trabalho e com Itamar Schülle não é diferente. Se está indicando os jogadores e sabe que depende de resultados para ser mantido no cargo, com certeza está pedindo nomes de respeito. Os treinos ainda estão devagar e Itamar Schülle ainda não colocou o seu ritmo em prática. Aparece apenas como observador, mas com certeza pensando na montagem do seu time titular.


A diretoria está no caminho certo. Essa folha de pagamento deve chegar aos R$ 500 mil e isso vai exigir uma participação maior dos torcedores e patrocinadores para que os compromissos sejam mantidos em dia. Como o presidente Guilherme Carvalho (Novinho) é cauteloso em tudo que faz, com certeza vai manter o clube viável e confiável, como fez o ex-presidente Nelson Lira, que deixou o Botafogo muito bem, também no setor administrativo.

Novas ações

O secretário de esportes de João Pessoa, Edmilson Alves, está planejando novas ações com o objetivo de fortalecer a prática esportiva na capital paraibana. Apesar da crise que afeta o Brasil, Edmilson Alves promete trabalhar com toda a sua equipe de assessores para superar os obstáculos.

Positivo

Quem não relaxa no setor administartivo do Botafogo, é o conselheiro Raimundo Nóbrega. Nada de férias e recesso. A palavra de ordem para Raimundo Nóbrega é trabalho, sempre com o objetivo de fazer o Botafogo cada vez melhor na temporada 2016. Com as contratações que estão acontecendo e com o bom ambiente na Maravilha do Contorno, Raimundo Nóbrega acredita que 2016 será um ano promissor para os botafoguenses em todas as competições.

Negativo

Não é nada fácil a situação do Santa     Cruz de Santa Rita. Se no Campeonato Paraibano de Futebol Feminino o time encara dificuldades, com o futebol profissional que vai disputar a Primeira Divisão do Paraibano não está sendo diferente. Depois que o técnico Jazon Vieira pediu para sair com toda a sua comissão técnica, a situação ficou muito mais grave. Sem dinheiro, o Santa Cruz de Santa Rita pode até ficar de fora da competição, o que seria lamentável.

No Foco

As dificuldades existem, mas o presidente ntônio Toledo está administrando o Cabo Branco, Só precisa de um apoio maior de quem na realidade quer o crescimento do clube. Para 2016 Toledo promete mais ações.

Escolinha de Futebol

O clima é de férias, mas a Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais está em plena atividade, com os professores Massilon Moreira e Everton Vilar. Amanhã, 19h,  a garotada tem atividade extra na arena da Federação Paraibana de Beach Soccer, na praia do Cabo Branco, em frente ao Corpo de Bombeiros. Contatos pelos fones 98787 5263 e 99981 5263.

Helton Renê

O secretário de Defesa do Consumidor de João Pessoa, Helton Renê, se reúne hoje com o presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim, para discutir a possibilidade de viabilizar a implantação de novos projetos na área esportiva. Helton Renê considera esse segmento muito forte na capital paraibana.

03 . Jan . 2016

Outra vez

Em: Coluna

Vai começar tudo de novo. E será que a bola vai rolar mesmo a partir do dia 30 no Campeonato Paraibano, como planejou a Federação Paraibana de Futebol, que ainda está em recesso? Eu confesso que tenho minhas dúvidas, pois as denúncias feitas pelo Nacional de Patos sobre inúmeras irregularidades no Paraibano da Segunda Divisão estão sendo levadas a sério por quem tem respeito pela imparcialidade.


O Nacional de Patos mostrou através de documentos que a maioria dos clubes da Segunda Divisão utilizou jogadores irregulares e está mais uma vez na pauta de julgamento do TJDF-PB as provas para serem analisadas e julgadas. Tudo isso gera uma nova expectativa, pois se as denúncias forem acatadas o Esporte de Patos será alijado da Primeira Divisão e a corrida será grande para encontrar o substituto.


Na Federação Paraibana de Futebol ninguém manifesta nenhum tipo de preocupação com o caso. Até parece que o resultado do julgamento é conhecido. Só que nos bastidores, inclusive partindo de diretores da FPF, a expectativa é que o bicho vai pegar, em que pese às dificuldades financeiras para quem pretende recorrer dependendo do resultado do julgamento.


O interessante em todo esse processo é entender como a Federação Paraibana de Futebol deixou passar tantas irregularidades no Campeonato Paraibano da Segunda Divisão. No futebol feminino, que foi paralisado, também acontece com um monte de coisa errada. Sinceramente a FPF precisa encarar o futebol com mais seriedade. Ninguém suporta mais tanta bagunça.

De volta

O professor Rogério Velinho, da Gesports Consultoria e Marketing Esportivo, retorna de Belo Horizonte na quarta-feira, onde foi curtir férias com a família. Na bagagem traz o projeto da Copa Paraíba de Futsal Nordeste, que este ano promete muitas novidades.

Positvo

O presidente da Associação das Federações de Esportes da Paraíba, Adjailson Fernandes, tem planos importantes para a temporada 2016, mas com certeza vai precisar do respaldo dos dirigentes das principais federações. Com larga experiência no segmento esportivo, só espera por mais união, força e trabalho para afastar o esporte amador dessa zona de dificuldades. Se 2015 foi ruim, 2016 pode ser pior sem novos projetos.

Negativo

Não faz muito tempo que foi anunciada uma ampla reforma no ginásio Ronaldão, com direito a festa na reabertura. Quem foi aquela praça de esportes na última segunda-feira,  ainda está sem entender o porque de tantas goteiras na cobertura. O amistoso que reuniu os Amigos de Xis, com a presença do atacante Hulk, teve que ser paralisado por alguns momentos. Como choveu forte em João Pessoa, a água ocupou espaços na quadra e o jogo festivo foi prejudicado.

No Foco

Depois de ser empossado para um mandato de três anos, o presidente do Clube dos Oficiais, Coronel Francisco de Assis, começa a reunir os principais assessores para começar a colocar em prática novas ações. A palavra de ordem no COPM-BM é fortalecer o crescimento em todos os segmentos.

Escolinha de Futebol

Começaram as atividades da Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais, na Arena de Beach Soccer, em frente ao Corpo de Bombeiros, na praia do Cabo Branco. As atividades estão reunindo alunos(sócios e não sócios) entre 5 e 13 anos. Contatos pelo fone 98787 5263 ou 99981 5263.

Cabo Branco

Depois da apresentação da última terça-feira, os elencos do Cabo Branco, das categorias Sub-13 e Sub-14 estão prontos para novos desafios. Agora com o comando do professor Bruno Leonardo, o Cabo Branco promete fazer bonito na temporada 2016 e já conta com o apoio do presidente Antônio Toledo e dos pais dos atletas.

29 . Jan . 2015

O problema de Guerrero, por incrível que pareça, é Alexandre Pato

Em: Coluna

Ontem Paolo Guerrero disse numa rádio da Europa que gostaria de voltar para a Alemanha. Hoje, no Jogo Aberto da Band, ele disse que queria ficar no Corinthians. Eu acho que o problema de Guerrero tem nome e sobrenome: downloadAlexandre Pato.

Olha só o que ele falou na Band: “Eu vou ser claro: o que estou pedindo está dentro das possibilidades do Corinthians. Não quero falar de outros jogadores que chegaram e, infelizmente, não jogaram, e o Corinthians pagou um monte de dinheiro por eles. Posso garantir que a minha pedida é baseada nas possibilidades do Corinthians”.

Ou seja, se o clube foi capaz de pagar R$ 40 milhões por Alexandre Pato e manter a metade do seu salário, mesmo estando no São Paulo, por que não pode ser generoso também com ele?
Guerrero teria pedido 7 milhões de dólares (R$ 18 milhões) de luvas para prorrogar seu vínculo no Parque São Jorge, o que o Corinthians não aceita pagar.

“Minha intenção é ficar aqui, não aceito jogar em outro time do Brasil, quero renovar meu contrato. Mas, como eu disse para a imprensa espanhola, como não se resolve nada aqui, eu preciso arrumar um lugar para jogar depois de julho, não posso ficar parado. Tenho minha família para cuidar”.

28 . Jan . 2015

Começou bem

Em: Coluna

A Federação Paraibana de Futsal prometeu e cumpriu. Abriu a temporada 2015 com um amplo debate com os presidentes de clubes para planejar um ano de sucesso e sem violência. A discussão foi de bom nível e inteligente, onde todos concordaram principalmente em zelar pela educação da nova geração através do esporte e bem distante daqueles pais que no ano passado deram péssimos exemplos para os filhos nas arquibancadas.


O presidente da Federação Paraibana de Futsal, Joao Bosco Crispim, está de parabéns, pois atendeu um apelo inteligente do presidente do Clube dos Oficiais, o Coronel Francisco de Assis, também preocupado com o clima de violência que ganhou proporções no ano passado, em função da rivalidade existente entre alguns pais. Isso tem que acabar sim e é uma meta que foi abraçada por todos os dirigentes que participaram do debate.


E para punir de forma correta o clube ou o torcedor que gerar cenas de violência, a Federação Paraibana de Futsal criou uma comissão disciplinar que vai analisar os casos com coerência e transparência, pelo bem do futsal paraibano. Esse foi outro ponto positivo da reunião e aprovado por todos. Agora a diretoria da entidade maior terá mais segurança para não cometer nenhum tipo de injustiça na hora de punir os vândalos.


Acredito que 2015 será um ano bem positivo para o futsal paraibano. Além de o nível técnico ter subido de cotação nos últimos anos, agora a Federação Paraibana de Futsal vai punir com rigor quem fluir pelo caminho da violência. Os atletas e os árbitros agradecem, assim como os homens que usam o esporte também como uma ferramenta importante no processo educativo da nova geração. Agora é só colocar o discurso em prática e comemorar.

Surf no Rio

Aproveitando os últimos dias de férias na Faculdade Maurício de Nassau, o futuro professor de Educação Física, Everton Vilar, segue até domingo no Rio de Janeiro. Vai acumular experiência com o professor Benjamim Athayde, que é responsável pela preparação dos surfistas paraibanos Samuel Igo e Jose Francisco Fininho, radicados na Cidade Maravilhosa. Everton Vilar vai acompanhar uma nova fase de treinos dos paraibanos e de quebra pegar uma onda.

Positivo

Muito bom o posicionamento do professor Eduardo Amaral durante o debate promovido pela Federação Paraibana de Futsal, quando colocou o processo educativo em primeiro plano nas categorias de base. A proposta de Amaral foi alvo de elogios por parte dos dirigentes que compareceram ao encontro do último sábado, no Clube dos Oficiais. Agora resta esperar que outros professores copiem os bons exemplos de Amaral no futsal paraibano.

Negativo

O prefeito de Santa Rita, Reginaldo Pereira, deicidiu cortar o repasse financeiro (R$ 70 mil) aprovado pelos vereadores para pagar arte da  folha salarial do Santa Cruz, que está representando a cidade no Campeonato Paraibano de 2015. O fato revoltou os dirigentes e torcedores do clube por conta da falta de compromisso com o esporte. A diretoria está desesperada e promete fazer cortes na folha de pagamento para minimizar as despesas.

No Foco

Quem prestigiou o debate promovido pela Federação Paraibana de Futsal foi o ex-presidente, Geraldo Magela. Parabenizou o atual presidente, Bosco Crispim, pela iniciativa e não escondeu que continua torcendo pelos bons momentos do futsal paraibano. Magela é um nome de respeito e tem uma história de qualidade na modalidade. Sempre que possível,  colabora com a gestão de Bosco Crispim colocando em prática toda a sua experiência no campo administrativo.

Beach Soccer

A Federação Paraibana de Beach Soccer (FPBS) confirmou para hoje à noite, 19h, o congresso técnico que vai definir todos os pontos do Campeonato Paraibano na categoria sub-13. O presidente da FPBS, Ailton Cavalcanti, vai realizar o evento nas dependências do Instituto Menino Jesus, próximo a Praça da Independência, em João Pessoa e espera contar com os representantes das equipes. O objetivo do evento é descobrir novos talentos no beach soccer.

Eleição

Termina na sexta-feira, o prazo para quem pretende disputar a eleição pela presidência da Federação Paraibana de Surf. O atual presidente, Alexandre Pailot, não é candidato a reeleição, mas com certeza vai usar o seu prestígio para eleger o próximo dirigente e evitar que as figurinhas carimbadas entrem no pleito e atrapalhem a boa fase que vive o surf da Paraíba. Todo cuidado é pouco, para evitar que o pior aconteça.

Confiante

Quem está animado no CSP para o jogo de hoje à noite, no Almeidão, é o preparador físico, Eduardo Silvestre. Ele respeita a condição de líder do Sousa, mas acredita que o CSP tem potencial para sair de campo com três pontos. Se a almejada vitória acontecer, o CSP vai assumir a lideranç da primeira fase do Paraibano. Entre os atletas e comissão técnica o clima é de muito otimismo e isso pode fazer a diferença quando a bola rolar no Almeidão.

26 . Jan . 2015

Gobbi alfineta Sanchez antes de sair e volta a ser delegado de polícia

Em: Coluna

 

Foi um desabafo. O presidente Mário Gobbi aproveitou a comemoração da nona taça erguida pelo Corinthians na Copa São Paulo de Futebol Junior para contabilizar suas conquistas como cartola do clube e também para soltar algumas farpas, especialmente para o seu antecessor – e seu ‘criador’ – Andrés Sanchez, que teria dado muito palpite na sua administração”.e1f03f00def028ff2f49207aa1f9d483
 

O DEVER DE FICAR CALADO
“Acho que ser ex-presidente é ser um cardeal, uma honraria, você tem que honrar esse cargo muito e depois é ficar no silêncio. Se precisarem de uma ajuda, estou às ordens, mas no dia a dia, fica no passado”.

TÍTULOS, TÍTULOS, TÍTULOS
“São três anos como diretor de futebol e três títulos (Série B, Estadual e Copa do Brasil). Depois, três anos como presidente, cinco títulos. Ao todo, no futebol, seis anos, oito títulos e dois vices. Tá na hora de sair, de ir para casa e cuidar da minha vida. O que eu podia fazer pelo Corinthians eu já fiz, o ciclo terminou e cada um tem que saber o momento certo”.

DE VOLTA À DELEGACIA
“Nunca pensei em sair antes, porque ia me sentir um derrotado, tinha que ir atá o fim e contra muita gente dentro do Corinthians que remou contra mim. O mundo sabe disso, mas já passou. Deus é mais forte que tudo isso. O Senhor é meu pastor, me guia e me conduz. Me deu essa missão, estou dizendo para ele nos próximos dias: ‘Pai, a missão foi feita, e a vida segue’. E eu tenho uma profissão, sou delegado de polícia há 35 anos, volto para ela, para minha classe que eu amo tanto”.

ABALOU ATÉ A SAÚDE
“Estou muito cansado, desgastado, doente, preciso me tratar. Minha saúde debilitou bastante, minha família sofreu muito, e eu não reclamo, porque eu quis. É o preço, eu fiquei seis anos, só pensei no Corinthians, agora vou pensar na minha vida e viverei um outro mundo, fora do futebol, quero sair do futebol, sair da política do Corinthians”.