Top Post

Janeiro/2019




28 . Jan . 2016

Começa em João Pessoa Norte-Nordeste de Basquete em Cadeira de Rodas.

Em: Paraibano
As disputas do basquete em cadeira de rodas estão acontecendo no Centro de Educação da PM em Mangabeira

As disputas do basquete em cadeira de rodas estão acontecendo no Centro de Educação da PM em Mangabeira

Começou nesta terça (26) a Copa Norte/Nordeste de Basquete em Cadeira de Rodas, que acontece até sexta (29), em João Pessoa (PB). O primeiro dia contou com o treino de classificação funcional e a reunião informativa. A presidente da Confederação Brasileira de Basquete em Cadeira de Rodas, Naíse Pedrosa, participou do encontro, que reuniu os representantes dos clubes participantes da competição.

A Copa Norte/Nordeste contará com a participação de cinco equipes que disputarão, em dez partidas, as três vagas para o Campeonato Brasileiro da 3ª Divisão.

A Copa Norte/Nordeste de Basquete em Cadeira de Rodas, começou nesta quarta-feira, em João Pessoa (PB). Na rodada de abertura, no Centro de Educação da Polícia Militar,  a Asdef (PB) derrotou a Adefepe (PE) por 64 X 50.

A competição conta c[com a participação de cinco equipes que disputarão, em dez partidas, as três vagas para o Campeonato Brasileiro da 3ª Divisão. A presidente da Confederação Brasileira de Basquete em Cadeira de Rodas, Naíse Pedrosa, está prestigiando o torneio na capital paraibana.

PROGRAMAÇÃO

4ª Feira (27/01)

9h – Abertura

11h – Asdef (PB) 64 X 50 Adefepe (PE)

12h30 – ADM (PE) 36 X 48 Adfima (AL)

16h – Adefepe (PE) 57 X 50  Aabane (BA)

17h30 -  Asdef (PB) X ADM (PE)

5ª Feira (28/01)

9h – Adfima (AL) X Adefepe (PE)

10h30 – Aabane (BA) X Asdef (PB)

14h – Adefepe (PE) X ADM (PE)

15h30 – Aabane (BA) X Adfima (AL)

6ª Feira (29/01)

8h30 -  ADM (PE) X Aabane (BA)

10h – Adfima (AL) X Asdef (PB)

Asdef (PB) 64 X 50 Adefepe (PE)
28 . Jan . 2016

Botafogo perde para o Santa Cruz e preocupa

Em: Paraibano

Em mais um teste de força para o técnico Itamar Schülle observar o elenco, o Botafogo não foi feliz na noite desta quarta-feira, ao ser derrotado pelo Santa Cruz, em Recife, pelo placar de 3x1.A partida foi realizada no Estádio do Arruda. Os gols da vitória forma marcados por Grafite, Neris e Allan Vieira, enquanto que Muller descontou para os botafoguenses.

O resultado começa a preocupar a comissão técnica e torcedores, pois em dois grandes jogos, contra Santa Cruz e Náutico, o Botafogo levou a pior. A partir desta quinta-feira o técnico Itamar Schülle começa a trabalhar a melhor formação do elenco para o jogo de estreia no Campeonato Paraibano, que começa sábado, contra o Paraíba, em Cajazeiras.

27 . Jan . 2016

Verão Nassau será sábado, em Tambaú

Em: Paraibano
A professora Tereza Carmem programa o primeiro evento do ano da Faculdade Maurício de Nassau

A professora Tereza Carmem programa o primeiro evento do ano da Faculdade Maurício de Nassau

A coordenadora do Curso de Educação  Física da Faculdade Maurício de Nassau , professora Tereza Carmem, confirmou para o próximo sábado das 7h às 9h o Verão Nassau,  com aulas de combat , zumba e rítimos.

Para participar, basta levar um quilo de alimento não perecível. O primeiro evento do ano será nas próximidades do Busto de Tamandaré, na praia de Tambaú. De acordo com Tereza Carmem, o evento também tem caráter beneficente.

27 . Jan . 2016

João Pessoa Espectros tem atletas convocados para Seleção Brasileira

Em: Futebol Amador

Atual campeão brasileiro, o João Pessoa Espectros a cada passo se consolida como a principal referência do futebol americano no país. E ontem, o time paraibano recebeu uma grande notícia: 20 jogadores foram convocados para participarem do primeiro training camp regional da seleção brasileira, que será realizado entre os dias 4 e 6 de março em João Pessoa.


Além do Fantasma, atletas do Ceará Caçadores (CE), Recife Mariners (PE), Sergipe Redentores (SE) e Ufersa Petroleiros (RN) também vão participar da atividade promovida pela Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA).


Foram convocados para o ataque: Rodrigo Dantas, Ícaro Moraes, Everton ‘Pingo’ Antero, Felipe Golzio, Heron Azevedo, Vítor Ramalho, Lenin Albuquerque e Glenan Megda.
Na defesa estão relacionadosMarcos Hércules, Luiz ‘Baby’ Henrique, Bruno Sherman, Pablo Caixa D'Água, Igor Nery, Caio Sherman, Jesus Emanuel, Flávio Gouveia, Vítor Veloso, Luan Vilar, Edvaldo ‘Pezão’.

Raniery Soares

27 . Jan . 2016

Clube dos Oficiais matricula para atividades esportivas

Em: Paraibano
O professor André (E) define metas com o Coronel Francisco para as atividades da academia em 2016

O professor André (E) define metas com o Coronel Francisco para as atividades da academia em 2016

A diretoria do Clube dos Oficiais informa que já estão em plena atividade as principais modalidades esportivas, com matrículas abertas para sócios e não sócios. Os interessados devem procurar a secretaria do clube ou fazer contato pelo telefone 98802 6121. O presidente do COPM-BM, Coronel Francisco de Assis, trabalha com a sua equipe para fortalecer cada vez mais a estrutura no segmento esportivo.

O clube oferece vagas no futsal, natação, hidroginástica, judô, pilates, ginástica rítmica e atividades diversas na academia. Em fevereiro, serão retomados os treinos da Escolinha de Futebol, já que o campo está passando por uma ampla reforma.

27 . Jan . 2016

Isaías Isidro é sinônimo de paixão pelo beach soccer

Em: Futebol Amador
Isaías Isidro tem títulos importantes e trabalha na descoberta de talentos no beach soccer paraibano

Isaías Isidro tem títulos importantes e trabalha na descoberta de talentos no beach soccer paraibano

Amor sem limites. É assim que o treinador Isaías Isidro define a sua paixão pelo beach soccer. Desde 1989 que ele encara um leque de adversidades muito forte, mas nunca perdeu a esperança de trabalhar numa nova realidade, com mais estrutura e mais apoio das empresas privadas e órgãos públicos, argumentando que a Paraíba tem um potencial muito forte nessa modalidade.

Enquanto o apoio não chega, Isaías Isidro diz que a palavra de ordem é trabalho na caminhada para buscar novas conquistas. “Não podemos e nem devemos ficar parados esperando que as coisas caiam do céu. Nós conhecemos a realidade do esporte paraibano. As promessas são muitas, mas na prática pouca coisa funciona. Por isso mesmo faço questão de fortalecer as nossas atividades na arena administrada pela Federação Paraibana de Beach Soccer, na praia do Cabo Branco”.

Aos sábados quando tem rodada pelo Campeonato Paraibano ou eventos da responsabilidade da Federação Paraibana de Beach Soccer, Isaías Izidro faz questão de ser o primeiro a chegar para preparar a estrutura. “Não é minha função, mas sou amante desse esporte e se não fizer possa ser que não apareça alguém para fazer. Por isso pego minha bicicleta e percorro mais de dez quilômetros, entre Paratibe e a praia do Cabo Branco para fazer o que gosto”.

Mas apesar de todas as dificuldades que tem enfrentado ao longo dos anos, Isaías Izidro também tem momentos de importantes conquistas com o beach soccer paraibano. Como treinador foi campeão paraibano várias vezes, defendendo equipes como Litoral Hotel e Auto Esporte. Foi vice-nordestino e tricampeão paraibano com a Marisol e ainda teve a oportunidade de comandar a Seleção Paraibana em 2001, conquistando terceiro lugar no Brasil, em Sergipe. No Verão Vivo ganhou o segundo lugar em Boa Viagem comandando atletas como Wagner, Dino Tambaú, Rádio, Reyder.   Na vitoriosa trajetória, Isaías Isidro conquistou títulos como técnico da Seleção do Nordeste. Foi vice-campeão brasileiro como auxiliar técnico e preparador de goleiros em 2008 no Espírito Santo.

 

CT Nordeste é um sonho

Sonhar e pensar grande fazem parte do cotidiano de Isaías Isidro, que sempre se junta à diretoria da Federação Paraibana de Beach Soccer na busca de melhorias para a modalidade. Atualmente, com as mudanças que estão acontecendo na Confederação Brasileira de Beach Soccer, faz parte dos planos de Isaías e Isidro a construção de um Centro de Treinamento no Nordeste.

Como a Paraíba tem um litoral privilegiado e a prática do beach soccer ganhou força nos últimos anos, Isaías Isidro sonha com o CT Nordeste em João Pessoa. “Nós temos um litoral privilegiado que serve muito bem para a prática do beach soccer. Poderíamos fortalecer o processo de interiorização da modalidade e trazer as equipes e atletas de outros Estados para nossa cidade. Acredito que esse sonho vai se tornar realidade”.

O pedido de um Centro de Treinamento para o Nordeste está encaminhado. Enquanto não se torna realidade, professores e técnicos utilizam a Arena do Beach Soccer que é coordenada pela Federação Paraibana de Beach Soccer, localizada na praia do Cabo Branco em frente ao Sesc. “Não podemos e nem devemos parar. Quanto mais gente praticando esporte, menos meninos nas ruas. O melhor mesmo é aproximar e não se distanciar principalmente da garotada. Nosso espaço é bom e vamos crescer muito mais”, comentou Isaías Isidro.

Foto - Nalva Figueiredo

27 . Jan . 2016

Perdidos no espaço

Em: Coluna
Federação e clubes se unem para evitar prejuízo com o possível adiamento do Campeonato Paraibano

Federação e clubes se unem para evitar prejuízo com o possível adiamento do Campeonato Paraibano

Sem força, pressionado, sem campo e com um calendário ridículo oferecido pela Confederação Brasileira de Futebol. É esse o ambiente que vive o presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues, depois que recebeu a recomendação do Ministério Público para adiar o início do Campeonato Paraibano ou começar no próximo sábado, sem torcida em campo.

O desespero é geral e tudo indica que a FPF decidiu medir forças com o Ministério Público, pois reuniu os representantes de clubes, criou um documento para pedir a intervenção do Governo do Estado para que os laudos técnicos sejam apresentados para que a comissão de vistoria possa aprovar ou não os campos que foram colocados disposição do Campeonato Paraibano.

O filme é antigo. Se for para cumprir o que determina o Estatuto do Torcedor, até os principais estádios da Paraíba - Almeidão e Amigão - serão vetados. O quadro é o pior possível. Basta lembrar que não faz muito tempo que foi anunciada uma grande obra de reforma no Almeidão e na primeira chuva a água alagou tudo que tinha direito.

O futebol da Paraíba precisa ser levado mais a sério. Essa iniciativa da FPF de misturar politica com futebol foi horrível. Será que o governador Ricardo Coutinho vai forçar a barra para o Paraibano começar com os campos sem estrutura? Acredito que não. O Ministério Público está atento a tudo e a todos e até agora o início do Paraibano é uma incógnita.

26 . Jan . 2016

FPF reúne clubes para discutir o início do Paraibano

Em: Paraibano
Os dirigentes tentam encontrar uma solução para evitar o adiamento do início do Paraibano

Os dirigentes tentam encontrar uma solução para evitar o adiamento do início do Paraibano

Depois de receber a recomendação do Ministério Público,para adiar o início do Campeonato Paraibano, ou começar no próximo sábado sem a presença de torcedores em campo,  o presidente da Federação Paraibana de Futebol, Amadeu Rodrigues, está reunido com o seu diretor jurídico, Marcos Souto Maior Filho  e os dirigentes dos clubes,com o objetivo de encontrar uma saída que não prejudique o calendário que foi elaborado para 2016.

O procurador de justiça e coordenador da Comissão Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios, Valberto Lira, disse ter recebido os laudos técnicos dos estádios da Graça, José Cavalcanti e Presidente Vargas,  que não atendem as recomendações do MP. Valberto Lira vai mais além, quando afirma que os estádios Almeidão, Amigão, CT Ivan Tomaz, Presidente Vargas, Marizão, Perpetão e Teixeirão, infringem as normas expressas do Estatuto do Torcedor, no artigo 23.


 

26 . Jan . 2016

Programa Esportivo da PMJP inicia matrículas no fujtebol

Em: Futebol Amador
O professor Magno Cerqueira, ex-craque do Botafogo, é coordenador do projeto da PMJP

O professor Magno Cerqueira, ex-craque do Botafogo, é coordenador do projeto da PMJP

A partir de amanhã, o Programa Esportivo Educacional (Pese), da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), inicia as matrículas para as atividades de 2016. Conforme o cronograma, os alunos que já fazem parte do projeto devem procurar uma das três unidades de ensino – Cruz das Armas, Valentina e Cristo – para efetuarem as suas rematrículas. Será necessária a apresentação de declaração escolar, duas fotos 3x4, xérox do Registro de Nascimento, além de comprovante de residência atualizado.


 Após o preenchimento das vagas dos alunos antigos, o programa abrirá as inscrições para alunos novatos. Neste caso, as matrículas serão feitas em uma das escolas da Rede Municipal de Ensino onde a criança possui vínculo estudantil. O Pese atende atualmente cerca de 400 crianças da Capital, na faixa etária dos 9 aos 15 anos, com aulas de futebol gratuitas.


 De acordo com o coordenador do programa, professor Magno Cerqueira, a estimativa é de que esse número possa aumentar em 2016. “Estamos entrando para o terceiro ano do Pese comemorando o sucesso desse projeto, que só cresce”, lembra Cerqueira, que destaca ainda o caráter cidadão e de inclusão do Pese. De acordo com ele, o critério maior para fazer as aulas de futebol em uma das unidades é o bom desempenho escolar. “Embora tenha surgido meninos e meninas talentosas, o nosso foco é formar craques para sociedade”, finalizou.
 
Pese. O programa é colocado em prática através do acompanhamento de 14 profissionais, que orientam as crianças sobre os fundamentos do futebol, além de regras de cidadania.

26 . Jan . 2016

Evento na praia valoriza os esportes radicais

Em: Paraibano
O skate foi uma das atrações do evento realizado no último domingo na praia de Tambaú

O skate foi uma das atrações do evento realizado no último domingo na praia de Tambaú

Na manhã de ontem, o espaço próximo ao Busto de Tamandaré foi tomado pelos apaixonados por esportes radicais que participaram do Jampa Push Race, evento apoiado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer). O projeto também promove a inclusão de pessoas com deficiência física à prática de atividades esportivas.


 O incentivo aos cadeirantes foi algo destacado por Gutemberg Cunha, que aos 10 anos de idade sofreu um acidente automobilístico e teve a medula lesionada. Desde então, ele perdeu os movimentos dos membros inferiores.O Jampa Push Rice reuniu ainda skatistas e patinadores de todas as idades. A adolescente Catarina Falqueto tem 17 anos, neste domingo, ela reuniu os amigos para fazer o que mais gostam no final de semana: patinar.


 “Nós estamos muito felizes em ver que a Prefeitura de João Pessoa vem apoiando projetos que nos incluem. É cada vez maior o número de adeptos dos esportes radicais e esperamos que espaços como esses sejam ainda mais frequentes na cidade”, disse a patinadora.
 
Competição. O Jampa Push Race é um evento que agrega esporte, lazer e integração social. É uma competição democrática aberta, para quem gosta de se divertir.
O Push é aquele impulso usado para ganhar velocidade, quem tiver mais ‘push’ vence. Um percurso de 100m foi reservado para a prova, realizada em estilo de baterias por eliminação, sempre se classificando aqueles que chegam nas primeiras colocações.