Top Post

13 . Jun . 2013

O Itaquerão, enfim, pode ser batizado de Etihad ou Zurich

Em: Coluna

No começo do ano passado, ainda no tempo de Luiz Paulo Rosenberg, o Corinthians acreditava que a negociação do tal naming rights do Itaquerão seria “uma questão de semanas”. Mas não foi bem assim.


Uma nota na coluna Radar, da Veja Online, diz que “A Itaipava, que negociava com o Corinthians, a possibilidade de dar o seu nome ao Itaquerão (leia mais em Cerveja ou avião), saiu da disputa. Depois de meses negociando, clube de maior torcida de São Paulo e a cervejaria (que já tem o naming rights das arenas de Recife e Salvador) não chegaram a um acordo”.


E complementa: “Agora, o Corinthians segue negociando com dois interessados: Etihad, companhia aérea dos Emirados Árabes, e a seguradora alemã Zurich. Andrés Sanchez, que comanda as negociações, acha que num prazo entre 30 e 60 dias assina o contrato”.

Comentário meu – Para aqueles que ficam indignados quando a mídia se refere ao estádio como “Itaquerão”, cabe aqui uma pergunta: qual a chance de um nome como Etihad ou Zurich ganhar popularidade e cair na boca do torcedor? Tudo bem, o Corinthians vai lucrar, vai ajudar a concluir a obra, mas é quase zero a chance de alguem dizer na mesa de um bar: “Hoje eu vou assistir ao Timão na Arena Etihad”.