Top Post

13 . Jun . 2013

Complicado

Em: Coluna

O Botafogo tinha tudo para se fortalecer logo na segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, mas tropeçou em casa numa partida que poderia ter vencido com facilidade o time do Sergipe. O empate foi ruim e a comissão técnica comandada por Marcelo Vilar sabe disso. Essa competição é muito difícil e quem joga nos seus domínios tem a obrigação de somar três pontos para não se complicar no futuro.


O torcedor do Botafogo saiu do Almeidão chateado e com razão. Mais uma vez o time apresentou erros e em alguns setores muito apatia. A diretoria fez um esforço concentrado para manter a maioria dos campeões, mas pelo menos contra o Sergipe não houve recompensa. Até o artilheiro Warley esteve apagado em campo e isso não é um bom começo para quem almeja a Série C em 2014.


Agora o Botafogo terá que mostrar força, talento e muita determinação para derrotar o CSA, em Maceió. Será mais um jogo difícil e esse elenco comandado pelo técnico Marcelo Vilar precisa mostrar que está firme na corrida por uma vaga na Série C. Se repetir o futebol que exibiu contra o Sergipe não vai a lugar nenhum e o torcedor que foi ao campo com toda aquela chuva sabe disso.


Como a competição está paralisada por conta da Copa das Confederações e o jogo contra o CSA está programado para o dia 7 de julho, Marcelo Vilar tem tempo de sobra para arrumar a casa e reagir no próximo compromisso. Esse tempo tem que ser bem aproveitado sim, pois está em jogo uma vaga para a Série C e a diretoria continua investindo na busca dessa vaga.

Homenagem

O presidente do Botafogo, Nelson Lira, foi homenageado ontem de manhã, na Câmara Municipal de João Pessoa, com a Medalha Cidade de João Pessoa, pelos relevantes serviços prestados ao clube. A mesma homenagem recebeu o conselheiro Breno Morais, que também contribuiu com a conquista do título de 2013. A solenidade de ontem foi prestigiada por torcedores e autoridades que conhecem o dia a dia do Botafogo, atual campeão paraibano.

Positivo

O presidente da Associação de Pessoal da Caixa Econômica Federal da Paraíba - Apcef-PB - Carlos Espínola, retornou de São Luis-MA, onde aconteceu o congresso técnico dos Jogos do Nordeste das Apcefs. Carlos Espínola também acompanhou os IV Jogos da Fenacef 2013, que reúnem os aposentados da Caixa Econômica. A Paraíba esteve presente em diversas modalidades. Ainda essa semana, Carlos Espínola se reúne com toda a diretoria para definir a programação de viagem para os Jogos do Nordeste.

Negativo

Quem está em situação dificil para disputar o Campeonato Praibano da Segunda Divisão é o Flamengo Paraibano, que além de ter compromissos pendentses com relação a temporada 2012, aindaestá sem respaldo financeiro para bancar a formação do elenco que tentará voltar a elite do futebol da Paraíba.Se o quadro não mudar com uma certa urgência o Flamengo Paraibano poderá desistir da competição desse ano. Infelizmente a realidade do time rubro-negro é muito triste.

No Foco

O professor Francisco Mesquita vai se reunir com o presidente da Federação Paraibana de Boxe, Carlos Espínola, para definir a implantação de um grande projeto em João Pessoa unindo o esporte ao social. Mesquita não revela detalhes, pois o projeto ainda está sendo formatado, mas garante que pretende trabalhar com o objetivo de recuperar dependentes químicos através do esporte e de outras ações. Ainda este mês Mesquita pretende fechar algumas parcerias para colocar o seu projeto em prática. Ponto para Francisco Mesquita e Carlos Calixto.