Top Post

03 . Set . 2017

Muito fraco

Em: Coluna

Aquele torcedor que tanto vibrou e apostou no início da Série C do Campeonato Brasileiro que o Botafogo chegaria à fase final da etapa de classificação brigando forte por uma vaga na Série B do próximo ano, deve ter dor de cabeça e grande por um bom tempo, pois o time chegou na realidade lutando contra a degola e com um fraco desempenho em campo.

Na verdade o Botafogo se planejou mal para tornar realidade o sonho da Série B em 2018. Foram tantas contratações erradas e gastos desnecessários, que a comissão técnica acabou perdida no tempo e no espaço, principalmente após aquela série de seis derrotas consecutivas. Itamar Schülle foi demitido na hora errada, assim como o seu sucessor, Ademir Fonseca, que teve uma passagem meteórica e ruim.

A diretoria tenta disfarçar que errou, mas foram muitas falhas ao longo da temporada. O time pisou na bola na Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Ganhou o título de campeão paraibano, mas todo mundo viu o futebol fraco que foi apresentado pelo Belo e seus adversários. Enfim, o quadro teria que ser esse mesmo, com mais uma decepção, agora na Série C.


Cabe a diretoria do Botafogo repensar o seu projeto. Tem que mudar radicalmente para 2018, pois o torcedor está cansado de tanto fracasso no cenário nacional, até porque se acostumou com aquele título brasileiro da Série D na gestão de Nelson Lira. Parece que ficou ali mesmo a alegria da torcida, que só fez sonhar e ter pesadelo nas duas últimas disputas da Série C.

 

Positivo

A coordenadora do curso de educação física da Uninassau, Tereza Carmem, comemora o no sucesso do Seminário de Educação Fisica e Direito Esportivo realizado, dentro das comemorações do Dia do Profissional de Educação Física. Destaca o bom nível de conhecimento dos palestrantes e o apoio que recebeu da diretoria da Uninassau para realizar mais um grande evento.

Negativo

Aumenta a cada dia o número de técnicos e atletas, revoltados com a situação do esporte paraibano. A falta de apoio gera insatisfação, pois todos entendem que a Paraíba tem potencial para brilhar no cenário nacional, mas não existe o incentivo ideal. O quadro é preocupante e as reclamações são muitas, pois o esporte paraibano fica em desvantagem com os centros mais avançados. É lamentável.

Escolinha de Futebol

O departamento de esportes do Clube dos Oficiais, continua matriculando alunos novatos - sócios e não sócios - para a sua escolinha de futebol, na faixa etária entre 5 e 14 anos. Os interessados podem procurar a secretaria do clube e aproveitar a promoção do plano trimestral. Os contatos podem ser feitos pelo telefone 98802 6121.

No Foco

O Clube dos Oficiais comemoma os 53 anos de fundação desde ontem, com a realização de um torneio de futebol. O presidente do COPM-BM, Coronel Francisco, está prometendo uma série de eventos em João Pessoa e Campina Grande.

Comente

Últimos Comentários

    Nenhum resultado encontrado.