Top Post

27 . Mar . 2013

Sem Engenhão, Carioca pode ser superado até pela Série D

Em: Coluna

Um golpe para o futebol do Rio de Janeiro. Seis anos após ser inaugurado, a um custo de R$ 380 milhões, o Engenhão foi interditado por tempo indeterminado por “erro de projeto”.


E como o Maracanã, dos estádios que vão receber os jogos da Copa das Confederações é o mais atrasado – e efetivamente só estará à disposição dos clubes cariocas no segundo semestre – restará o campo de São Januário como única opção para o Estadual e para a Libertadores.
O Campeonato Carioca 2013 tem média de público até agora de 2.882 torcedores, inferior, por exemplo, à Série C 2012, que teve média de 4.321 pagantes por jogo.
A tendência será de queda até que o Maracanã seja reinaugurado. Logo, logo os cariocas serão superados até pela Série D do Campeonato Brasileiro (média de 2.302).


Para que se tenha uma idéia do desinteresse do carioca por futebol, a soma dos três primeiros colocados em média de público em 2013 (Botafogo: 8.604; Vasco: 8.143; e Flamengo: 7.927) é quase igual à média do Corinthians no Paulistão, que é de 24.273.