Top Post

18 . Nov . 2018

É preciso unir

Em: Coluna

Sérgio Meira, presidente do Botafogo, tem razão. Aquela disputa acirrada pelo título do Campeonato Paraibano tem que acontecer dentro de campo. Fora deles os dirigentes precisam ser unidos e inteligentes na busca de melhorias para o futebol profissional que ainda sofre com muito amadorismo. É assim que tem que ser a partir de 2019. Antes tarde do que nunca.

Com o objetivo de melhorar o nível da discussão, Sérgio Meira tomou a iniciativa de antes do Conselho Arbitral reunir os dirigentes de clubes. Alguns entenderam a convocação, outros não. Mas Sérgio Meira revela que foi um bom começo, pois o debate oficial sobre a organização do Campeonato Paraibano aconteceu de forma bem moderada e com propostas atrativas.

Concordo com Sérgio Meira. Os dirigentes precisam trabalhar unidos fora de campo para que o Campeonato Paraibano seja mais atrativo. Se o produto melhor a força dos patrocinadores também vai chegar. Tem que pensar assim e não contar só com dinheiro público. A mentalidade precisa mudar e Sérgio Meira mostrou o caminho das pedras e sem exigências. Segue quem quiser.

O empresário Waldir Lucena, que é conselheiro e torcedor do Treze, também concorda com a ideia de Sérgio Meira.Assim como Waldir Lucena outros dirigentes, empresários e conselheiros devem amadurecer essa proposta para que fora de campo saia uma solução viável para o futebol profissional da Paraíba. É preciso união. Chega de divergências sem futuro. O torcedor quer grandes espetáculos. E isso só vai acontecer com receita forte que possa gerar grandes contratações em todos os clubes.

Em São Paulo

José Guedes, que é pai da jornalista Aline Guedes, está em São Paulo para disputar o Campeoanto Brasileiro de Atletismo Master, que termina hoje. Vai correr os 100, 200 e 400 metros e ainda participará da provas de lançamento do dardo e martelo. Ele está em grande fase. Boa sorte.

+ Positivo

Além de tirar a invencibilidade da Perilima, o Esporte de Patos continua sem perder na Segundona do Paraibano e vai para a decisão de amanhã, no estádio Presidente Vargas, podendo perder até por um gol de diferença para ser campeáo. O trabalho do professor Marcos Nascimento fortalece cada vez mais o Esporte de Patos. Que venha a elite de 2019. O time tem tudo para brilhar.

- Negativo

A Federação Paraibana de Futebol terá problemas para divulgar a tabela oficial do Campeonato Paraibano, até porque os campos colocados a disposição ainda passarão por vistoria e alguns deles não serão liberados. A presidente da FPF, Michelle Ramalho, precisa apressar o passo, pois caso contrário a rodada de abertura não vai acontecer no dia 12 de janeiro, conforme programação divulgada no Arbitral.

Clube dos Oficiais

Campeão brasileiro de futsal nas categorias sub-17 e sub-7 e com importantes resultados na natação em nível nacional. Assim caminha o Clube dos Oficiais que terá mais apoio do seu presidente, o coronel Francisco de Assis, que acredita na força do esporte. O COPM-BM se tornou uma referência nacional com o Coronel Francisco.

No foco

O presidente da Federação Paraibana de Futsal, Bosco Crispim, disse que a cada dia aumenta o número de filiados que aprovam a sua reeleição. O trabalho na base e o processo de interiorização fortalecem a campanha de Bosco.

Polígono

Antes de viajar para Natal-RN, para os Jogos Escolares da Juventude, o professor Jorge Carvalho se reuniu com o professor João Augusto, diretor do Colégio Polígono, onde definiu toda a programação do voleibol para 2019. No esporte, o Colégio Polígono também tem alcançado importantes resultados.

16 . Nov . 2018

Agora é correria

Em: Coluna

Tudo de última hora, com pendências, improvisos e muitas indefinições. É assim que está sendo planejado o Campeonato Paraibano de 2019 com alguns dirigentes querendo levar vantagem sem levar em consideração o nível técnico da competição. A maioria pensa com amadorismo e com base em fórmulas ultrapassadas, em época que se exige um produto atrativo para que o torcedor possa lotar os estádios.

A discussão sobre o Campeonato Paraibano começou em cima de muita pressão e ninguém sabe quando terá o seu término, até porque os campos colocados a disposição da Federação Paraibana de Futebol com certeza não atenderão as exigências do Estatuto do Torcedor. Aí o Ministério Público vai entrar em ação de novo, o que vai resultar em atrasos para que a disputa possa acontecer sem maiores problemas a partir de 12 de janeiro e em 14 datas.

O filme é antigo. Faz tempo que se tenta tratar o futebol paraibano com profissionalismo, mas os resultados não são nada animadores. O problema está na falta de um planejamento inteligente. Essa decisão de deixar tudo para a última hora sempre gera prejuízos e atrasos. A nova presidente da FPF, Michelle Ramalho, assumiu o comando prometendo mudanças radicais na estrutura do futebol, mas tudo indica que ficará somente na vontade.

Agora que o tempo avançou, só resta esperar que o bom senso prevaleça e que as providências aconteçam de forma mais acelerada. Quais os campos que estão em condições de jogo para 2019? A FPF precisa saber com urgência, já que o início do Paraibano foi marcado para o dia 12 de janeiro e com 14 datas. Ninguém acenou com a primeira vistoria e isso gera muito transtorno, já que nem todos serão liberados.

No campo do Santos

A Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais vai jogar neste sábado, contra o Santos, reunindo alunos entre 5 e 14 anos. As atividades começam a partir das 7h30, no CT do Santos, no conjunto Ernesto Geisel. Os times estão motivados para a programação esportiva.

Positivo

Antes da primeira reunião do Conselho Arbitral, o presidente do Botafogo, Sérgio Meira, convidou os dirigentes de clubes para um debate preliminar visando a construção de um Campeonato Paraibano rentável em todos os segmentos. A iniciativa de Sérgio Meira foi alvo de elogios, pois mostrou interesse em realizar uma disputa de qualidade analisando propostas de todos os filiados.

Negativo

Apesar da ação positiva do presidente do Botafogo, Sérgio Meira, ainda tem dirigente batendo cabeça sobre a melhor proposta para o Campeonato Paraibano de 2019. Por incrível que pareça, antes mesmo do debate começar, tinha umas figurinhas carimbadas querendo alimentar divergências, esquecendo que a torcida quer uma competição de qualidade, dentro e fora do campo.

Saudade

No céu brilha mais uma estrela do esporte paraibano. Quem nos deixou no último final de semana foi o médico e tenente-coronel da Polícia Militar, Alexandre Guimarães. Morreu praticando voleibol, o esporte que mais gostava, numa etapa do Brasileiro, em Saquarema-RJ. Pedimos a Deus que conforte toda a família.

No foco 

O ex-secretário de Esportes de João Pessoa, Guto Clerot, confirmou presença no Prêmio Melhor do Esporte, em dezembro, no Cabo Branco. Guto Clerot continua trabalhando pelo crescimento do esporte de João Pessoa.

Interser

O projeto do Instituto Janeth Arcain, com atividades em João Pessoa, também recebe o apoio da Clínica Interser, que acredita na força do esporte e estimula o crescimento do basquete na Paraíba. O apoio foi confirmado pela diretoria da Interser, representada por James Schmidhäussler e Cláudia Franca.

11 . Nov . 2018

O saldo é positivo

Em: Coluna

 

O presidente do Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar da Paraíba - COPM-BM - o coronel Francisco de Assis Silva está fechando mais uma temporada positiva com ações voltadas principalmente para os sócios. O sucesso é visível em diversos segmentos, em João Pessoa e Campina Grande. No esporte e no social a diretoria tem acumulado importantes resultados, o que gratifica quem trabalha com transparência e responsabilidade.

Mesmo diante do crescimento e do êxito na maioria das ações nos últimos anos, o coronel Francisco e sua diretoria não se acomodam. A palavra de ordem é trabalho e todos seguem por esse caminho fortalecendo cada vez mais a marca do COPM-BM que hoje é uma referência em nível nacional, com dois títulos brasileiros no futsal - Sub-17 e Sub-7 - e participação em diversas discussões da categoria em Brasília, sem temer as ações dos que se acham poderosos.

Quem vem passando nos últimos três meses pelo Retão de Manaíra está vendo o COPM-BM de cara nova. A diretoria investiu alto numa ampla reforma que está em fase de conclusão. Todos os setores foram contemplados, inclusive o esporte que ganhou uma nova estrutura para atender cada vez melhor os associados de diversas modalidades. O COPM-BM só cresce e fortalece a categoria - policiais e bombeiros - que se orgulha das sedes de João Pessoa e Campina Grande.

E é com todo esse crescimento e conquistas que o coronel Francisco de Assis se planeja para um novo mandato em 2019. Em novembro tem eleição e a vontade entre os sócios que estão no dia a dia do clube é a continuidade da gestão, pois o progresso é real em todos os setores e com base em planejamento inteligente e de quem conhece os 54 anos de existência dessa entidade.

Free Mind

Tudo pronto para o II Meeting Free Mind - Inteligência Emocional - que acontece hoje, a partir das 14h no Eco Bussiness Center, com a coordenação do coach Juniere Medeiros, que tem larga experiência no assunto. Os interessados ainda podem ligar para 9.9619-5626.

+ Positivo

O Free Mind é um treinamento de pura imersão, que irá trabalhar 16 pilares da vida, fazendo você entender a sua mente e transformando sua vida pessoal e profissional. Além de te libertar de crenças negativas, frustrações, medos, baixa autoestima e tudo que te bloqueia ou limita o seu potencial. Juniere Medeiros contará com alguns profissionais para fortalecer o crescimento do público.

- Negativo

A reunião do Conselho Arbitral finalmente foi marcada para a próxima terça-feira. Antes tarde do que nunca. Podem ter certeza que o debate vai gerar muita confusão, pois os interesses agora são diversos. No Sertão já começou uma mobilização. No Litoral os clubes também estão unidos. Resta saber se tudo isso vai provocar algum tipo de melhoria no futebol profissional da Paraíba. Acredito que não.

No Treze

O novo presidente do Treze, Walter Júnior, está cheio de otimismo para a temporada 2019. Garante formar um time de qualidade para atendeer as expectativas da torcida. Também garante ações para o patrimônio, com destaque para o estádio Presidente Vargas. O torcedor do Galo da Borborema começa a se animar.

No foco

O empresário Esdras Asfora Sousa, da Arte Molduras, confirmou presença na edição 2018 do Prêmio Melhor do Esporte, em, dezembro, no Cabo Branco. É filho do professor José Augusto, que também acredita na força do esporte.

Na posse

Além de desportista nato, o empresário Waldir Lucena é bom caráter. É torcedor e conselheiro do Treze, mas nem por isso deixou de prestigiar a posse do seu amigo e presidente do Botafogo, Sérgio Meira. Ambos serão homenageados no Prêmio Melhor do Esporte, pela folha de serviços prestados ao esporte paraibano.

05 . Nov . 2018

Sabe o que faz

Em: Coluna

Agora que foi empossado em perfeita harmonia com conselheiros e dirigentes, cabe ao novo presidente do Botafogo, Sérgio Meira, trabalhar e fazer a torcida feliz. Não tem mistério, como diz o ex-presidente Nelson Lira, que foi vencedor em suas gestões porque colocou as divergências para escanteio e levou para o seu campo de trabalho os verdadeiros botafoguenses. Deu tão certo que fez o time campeão brasileiro com vaga assegurada na Série C.

Ainda tem torcedor que questiona a presença de Sérgio Meira como presidente e é natural. Mas a torcida pode ter certeza que ele é botafoguense, desportista nato, tem experiência administrativa, gosta de trabalhar e costuma ficar bem distante das divergências. Esse é o perfil de Sérgio Meira, que como presidente da Apcef-PB trabalhou em perfeita sintonia para estruturar a entidade que é orgulho dos seus associados.

O Botafogo tem outra dimensão, mas para quem gosta de trabalhar não é coisa de outro mundo. Tenho certeza que Sérgio Meira assumiu a presidência do Botafogo para seguir com o trabalho que vem sendo realizado e bem distante da vaidade. O Botafogo desde que foi campeão brasileiro com Nelson Lira que equilibrou as suas finanças e colocou em prática um modelo administrativo onde só participa das decisões do clube, quem gosta de trabalhar. E assim caminha o Botafogo, sem medo de ser feliz.

Acredito que Sérgio fará uma administração tranquila e se acertar nas contratações vai colocar esse time na Série B. Podem ter certeza que essa é a maior vontade de Sérgio Meira, como foi a de Nelson Lira em fazer o Botafogo campeão brasileiro e alimentar o sonho da Segunda Divisão do Brasileiro. Gosto de quem trabalha em harmonia, longe das figurinhas carimbadas e com transparência nas ações. É por isso que sempre gosto de lembrar das gestões de Nelson Lira. Acreditem que Sérgio Meira vai no mesmo sentido.

Positivo

Marcos Nascimento mostrou mais uma vez que é um técnico vencedor. Quando se classificou para a fase semifinal da Segunda Divisão jogou todo favoritismo para cima da Perilima e do São Paulo. Em campo o seu time mostrou garra para afastar o São Paulo do seu caminho e garantir vaga na elite do próximo ano. Em Patos, a festa é para Marcos pelo belo trabalho que vem fazendo.

Negativo

O São Paulo Crystal investiu alto para disputar a Segunda Divisão, mas dentro de campo o time não rendeu o esperado e muitas das vezes este cenário foi advertido pelo técnico Jazon Vieira. Quando entrou para a fase semifinal da competição mostrou que estava distante da elite paraibana. Agora só resta a diretoria planejar melhor e pensar na próxima temporada com um elenco de melhor categoria.

Esquerdinha

Quem também deixou o nosso convívio foi Esquerdinha. Brilhou como jogador amador e profissional, e com seus gestos de simplicidade e humildade, sempre apoiando ações sociais que envolviam comunidades carentes. No velório e no sepultamento, foram muitos os comentários positivos sobre a pessoa de Esquerdinha. Agora vive na Glória.

No Foco

O professor Jorge Carvalho, que tem relevantes serviços prestados ao voleibol paraibano, também será homenageado no Prêmio Melhor do Esporte, em dezembro. no Cabo Branco. É um profissional de primeira linha e vencedor.

Futsal

Com apoio do presidente da Confederação Brasileira de Futsal, Marcos Madeira, o atual presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim , é candidato a reeleição e conta com o apoio da maioria dos filiados, principalmente dos que participam do processo de interiorização da modalidade. Bosco Crispim promete muito mais.

28 . Out . 2018

Sangue novo

Em: Coluna

Helamã Nascimento é o novo presidente do Auto Esporte. Não tem identidade forte no cenário esportivo como dirigente, mas chega cheio de vontade para fazer a torcida feliz e profissionalizar os principais setores do Clube do Povo, que ainda sofre por conta de desmandos no campo administrativo. Helamã Nascimento chega cercado de jovens, mas com certeza terá ao seu lado dirigentes experientes para fazer uma gestão vencedora.

Em entrevista ao jornalista Franco Ferreira, Helamã Nascimento revelou ser neto de Ivo Diniz, um tradicional torcedor do Auto Esporte. Disse que ainda garoto se apaixonou pelo Clube do Povo ao acompanhar alguns jogos com o avô. Na sua juventude ele já colaborava com o time automobilista e depois decidiu se enquadrar como sócio e conselheiro até aceitar a presidência do Auto Esporte, que tem como principal meta em 2019, voltar a elite do futebol profissional.

Helamã Nascimento que fortalecer o trabalho na base e isso é de fundamental importância, pois evitará gastos desnecessários com contratações que na maioria das vezes não correspondem a vontade dos torcedores. Assim como acontece nos grandes centros do futebol brasileiro, Helamã Nascimento quer colocar seu projeto em prática, oferecendo estrutura para que seja feito um trabalho de nível na base.

É com a torcida que Helamã Nascimento pretende caminhar. Primeiro vai estruturar o CT de Mangabeira para oferecer opções de lazer para os sócios e ao mesmo tempo disputar jogos oficiais do Paraibano no seu campo.

Depois vai lançar uma campanha responsável para conquistar novos sócios-torcedores. O planejamento é bom e desde já a torcida está convidada a comparecer ao Mangabeirão com propostas e apoio para a nova diretoria.

Futsal

Os craques que escreveram a história do futsal paraibano se reuniram ontem no Cabo Branco, para comemorar o aniversário de Giovanni Guedes e os momentos que viveram no esporte. O presidente da Federação Paraibana, Bosco Crispim, deu apoio o encontro.

+Positivo

Quem também faz um belo trabalho com o sub-6 da AAPB, na Capital, é o professor Rodrigo de Souza. Além de formar a geração futura do futsal, ele também se preocupa com a formação do cidadão. O trabalho é prestigiado pelos pais dos atletas e tem alcançado bons resultados na presente temporada. Para 2019 Rodrigo promete continuar com as ações para fortalecer a marca da AAPB no futsal.

-Negativo

A diretoria do Sport Club Lagoa Seca não desiste da ação contra a Perilima, que teria escalado um jogador irregular nas disputas do Campeonato Paraibano da Segunda Divisão. Arthur Ferreira, que é dirigente do Sport, ameaça inclusive recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva, se não conseguir êxito em nível estadual. O clima está pesado em Campina Grande e ameaça a Segundona.

Taça Brasil

O time do ECMP está na fase final da Taça Brasil de Futsal, catetgoria sub-11, que está acontecendo desde o início da semana em Recife-PE. O time paraibano vai encarar o Fluminense-RJ hoje, a partir das 9h. O time paraibano está em grande fase.

No foco

O professor Jocimar Freitas anuncia a participação da Seleção Paraibana de karatê esportivo, com 40 atletas, no Campeonato Brasileiro no período de 22 a 25 de novembro no ginásio Paulo Sarasa, em Fortaleza/CE. Vai ser show.

Destaque

Kaique Franca voltou a ser destaque em mais uma partida decisiva na temporada 2018. Além de ter sido campeão dos Jogos Mirins pelo basquete da Escola Cidade Viva, foi o cestinha geral com 50 pontos. Com muto orgulho recebeu a premiação ao lado da avó, Iolanda Mattos, que vibrou com o desempenho do neto no basquete.

24 . Out . 2018

Nova caminhada

Em: Coluna

A união de conselheiros e dirigentes será de fundamental importância para o sucesso da nova gestão. Mas como sempre disse o ex-presidente Nelson Lira, à participação de grandes patrocinadores faz o coração de o Botafogo pulsar mais forte na busca de importantes conquistas que o calendário do próximo ano oferece. Somando tudo isso, o clube com certeza será vencedor na próxima temporada.

Sérgio Meira foi aclamado no último domingo e é o novo presidente do Botafogo. Trata-se de um bom nome, capaz de unir forças e usar o seu prestígio para fortalecer a marca do time no cenário nacional, onde o grande sonho da torcida, depois da conquista da Série D, é tornar realidade a participação do clube no Campeonato Brasileiro da Série B. A caminhada é longa, mas é possível vencê-la.

Antes de assumir a presidência do Botafogo, Sérgio Meira fez uma série de consultas, pois não tem respaldo no campo financeiro para bancar o projeto sozinho e isso é muito normal. Muita gente se comprometeu em colaborar, inclusive dirigentes que participaram das últimas gestões. Com isso, Sérgio Meira espera fazer a torcida feliz na corrida por importantes conquistas no próximo ano. Eu só espero que ninguém deixe de cumprir o que prometeu, antes de Sérgio Meira assumir o cargo.

Agora não tem mais conversa e nem consulta. Cabe ao presidente Sérgio Meira colocar as suas ações em movimento para que o Botafogo possa largar na frente dos seus adversários. No silêncio da madrugada tem muita gente se preparando para fazer bonito na temporada, o que deixa claro que a disputa pelo título paraibano será muito acirrada, já que todo mundo busca um calendário mais positivo para 2020. Sendo assim, as contratações devem continuar acontecendo para que um belo time esteja em campo em 2019. A torcida por sua vez tem que acreditar e participar para que os resultados possam ser alcançados.

No Cabo Branco

O professor Nildo continua firme e forte nas categorias de base do Cabo Branco. Em 2018 fez mais uma vez bonito com a categoria sub-6 e no próximo ano também vai trabalhar com o sub-7. Ele conta com o apoio da diretoria e dos pais dos atletas que estão começando no futsal.

Positivo

O bom senso prevaleceu, assim como os pedidos dos clubes. A Federação Paraibana de Futebol (FPF) confirmou para o dia 31 os jogos as de volta das semifinais da Segunda Divisão do Campeonato Paraibano, envolvendo Perilima e Sport Club Lagoa Seca e São Paulo Crystal e Esporte de Patos. Agora é só esperar a bola rolar para que se conheça os finalistas e os classificados para a Primeira Divisão do próximo ano.

Negativo

E como será o Auto Esporte na próxima temporada? Ninguém tem uma resposta concreta, pois as figurinhas camimbadas colocaram o Clube do Povo no fundo do poço e agora fica difícil encontrar alguém que aceite de verdade, o desafio de fazer o time voltar aos bons tempos. É lamentável a situação em que se encontra o Auto Esporte fora da elite do futebol profissional. O que faltou na realidade foi competência no campo administrativo.

Escolinha de futebol

O professor Massilon Moreira, que também é fisioterapeuta, continua trabalhando forte com a Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais, que ainda recebe alunos na faixa etária entre 5 e 13 anos. As vagas são para sócios e não sócios. Os interessados podem ligar para 9.8802-6121 e 9.9981-5263. Aulas nas quintas-feiras e aos sábados.

No foco

O professor João Augusto, diretor do Colégio Polígono, será um dos homenageados no Prêmio Melhor do Esporte, pelas conquistas que já foram alcançadas em 2018, no voleibol, no futsal e no atletismo. A festa será realizada no mês de dezembro.

Léo Barbosa

O piloto paraibano Léo Barbosa está pronto para estrear na categoria principal da F-3 Brasil, que deve ter provas a partir de novembro. Mesmo sem a força de grandes patrocinadores, Léo Barbosa teve uma preparação adequada para fazer bonito nesta temporada. O garoto é bom e o sonho de chegar a Fórmula 1 é verdadeiro e possível.

21 . Out . 2018

Um bom nome

Em: Coluna

Se nada de anormal acontecer até a abertura dos trabalhos de hoje, Sérgio Meira deve ser o próximo presidente do Botafogo. É bom caráter, tem identidade forte com o esporte e está na lista daqueles que gostam de verdade do clube. A torcida pode ter certeza que se Sérgio Meira assumir mesmo o comando após a eleição que está marcada para hoje, o time tem tudo para brilhar na próxima temporada e quem sabe tornar realidade o sonho da Série B.

É bom que o torcedor saiba que Sérgio Meira está assumindo os destinos do Botafogo com um grupo forte que deu continuidade ao projeto vencedor do ex-presidente, Nelson Lira. Sendo assim, as ações continuarão para que o time possa fazer bonito em 2019. A caminhada é longa, mas com a união de conselheiros e dirigentes, Sérgio Meira vai deitar e rolar, pois tem experiência administrativa e goza de muito prestígio em diversos segmentos sociais.

Como conhece muito bem a realidade do Botafogo e o calendário de disputas que terá pela frente, Sérgio Meira tem tudo para fazer uma administração com importantes conquistas. O trajeto é complicado, mas se Sérgio Meira contar com os verdadeiros botafoguenses, o clube será vencedor no próximo ano. O clima é de expectativa, mas a torcida pode ter certeza que o Botafogo estará em boas mãos.

Eu só espero que as figurinhas carimbadas fiquem bem distantes da Maravilha do Contorno. Deixem Sérgio Meira trabalhar que as conquistas acontecerão naturalmente. Deve participar do dia a dia do Botafogo quem quer trabalhar. Como conhece muito bem as figurinhas carimbadas do esporte paraibano, Sérgio Meira saberá como deixá-las no anonimato. Que venha um domingo de paz e harmonia na Maravilha do Contorno.

Fica o legado

O esporte perdeu um grande homem e um grande profissional. O professor Narcilvo Cardoso deixou o nosso convívio, mas ficou um grande legado. Era um apaixonado pelo futebol e passou experiência para muita gente. Meus sentimentos a família desse grande amigo.

+POSITIVO

Quando comecei no jornalismo esportivo, não conto as vezes que fui convidado por Narcilvo, que me ensinava escrever com termos corretos e atuais. Naquela época ele tinha chegado dos Estados Unidos, onde passou um bom tempo aprendendo e trabalhando com o futebol. Ainda hoje agradeço ao meu eterno professor Narcilvo, por tudo que me ensinou, principalmente para ser profissional.

-NEGATIVO

A FPF trabalhou ao longo dos últimos anos pelo fortalecimento do processo de interiorização no futebol profissional. Só que não foram todos os dirigentes que assimilaram bem a ideia. A prova é tanto que a maioria dos times que disputa o Paraibano da Segunda Divisão não tem a menor identidade com o profissionalismo. A competição está chegando ao seu final em 2018, sem muitos atrativos.

Palestras

Será no dia 10 de novembro o II FreeMind - Inteligência Emocional - que será realizado no Business Center, das 14h às 22h. Um treinamento de inteligência emocional que transformará a sua vida. A coordenação é do coach Juniere Medeiros que contará com sete palestrantes. Contatos podem ser feitos pelo telefone 9.9619-5626.

NO FOCO

O empresário Nazion Flho, da Sport&Textil, também confirmou presença no Prêmio Melhor do Esporte, no mês de dezembro. Sempre apoia importantes ações no segmento esportivo, oferecendo oportunidades para os jovens talentos.


Craque 10

Vanderlei Nascimento é o presidente da Escolinha de Futsal Craque 10, que tem as suas atividades concentradas n o Tibiri II, em Santa Rita. O time fez bonito na Taça Cidade João Pessoa de Futsal, conquistando a medalha de prata na categoria sub-9. Vanderlei Nascimento destaca o apoio que vem recebendo dos pais para o projeto funcionar.

07 . Out . 2018

Quem ganha?

Em: Coluna

Com cautela, inteligência e querendo aprender tudo o mais rápido possível, Michelle Ramalho inicia a sua gestão na Federação Paraibana de Futebol com a certeza que pode fazer muito para mudar o quadro atual e conquistar a confiança do torcedor que sonha com mudanças e bons tempos para o futebol paraibano, que ainda sobrevive com muito amadorismo.

Michelle Ramalho está no caminho certo, mas precisa ter muito cuidado com as pessoas que estão lhe cercando na busca de cargos e benesses oferecendo serviços de péssima qualidade. Como não conhece as figurinhas carimbadas do futebol paraibano, não pode e nem deve vacilar, principalmente nesse início de gestão onde tem que mostrar que chegou realmente para mudar e para melhor, como falou nas primeiras entrevistas.

Entre os clubes o nome de Michelle Ramalho começa a ganhar confiança. Ouvi de dois dirigentes que votaram contra, palavras animadoras sobre a nova gestão. Em pouco tempo a nova presidente está mostrando que é contra a política do retrovisor e que ao seu lado vai caminhar quem gosta de trabalhar e de coisa séria. Começo a sentir firmeza e espero que os melhores dias venham. O que passou, passou. Michelle Ramalho tem que oferecer sombra para quem é competente e quem está distante da subserviência.

Lembro que o ex-presidente da FPF, Amadeu Rodrigues, tentou inovar, mas sofreu tanta pressão dentro de casa que os seus projetos não ganharam ressonância. Agora que a gestão é outra e que os planos também têm novos focos, cabe ao torcedor paraibano esperar que essa entidade possa ter uma marca forte daqui para frente, com união, transparência e responsabilidade.

Nassau

Mesmo de licença médica, a coordenadora do curso de Educação Física da Uninassau João Pessoa, a professora Tereza Carmem trabalha com projetos inteligentes para oferecer o que há de melhor para os futuros profissionais. Vem mais novidades por aí, garante Tereza.

+Positivo

De 16 a 19, o Iesp vai promove a terceira edição do Inova, evento acadêmico da instituição, com atividades nas áreas de Ciência, Tecnologia, Cultura e Esporte. E falando em esportes na quarta-feira (17), vai acontecer o Treino Histórico com o atleta Ronaldo da Costa, comemorativo aos 20 anos do recorde da Maratona de Berlim. A concentração é às 6h, em frente à Fundação Casa de José Américo.

-Negativo

E um amigo de longas datas me confidenciou ontem, que tem umas figurinhas carimbadas da crônica esportiva atormentando a vida da nova presidente da FPF, Michelle Ramalho, na busca de espaço na gestão. Acreditei porque o amigo não é cronista e tem uma ligação muito forte com Michelle. Portanto, todo cuidado é pouco com as figurinhas carimbadas que estão no dia a dia do esporte paraibano.

Encontro

Hoje de manhã, no espaço de lazer do Gatomia Espetos, em Manaira, um grupo que trabalha pelo sucesso da Taça Cidade João Pessoa de Futsal vai se reunir para debater sobre alguns pontos da competição. É a turma do bem que quer se prevenir contra as ações das figurinhas carimbadas que atrapalham o futsal paraibano.

No foco

Paulo Roberto de Morais ainda comemora o êxito da festa dos peladeiros da Torre, realizada no último domingo. O evento foi um sucesso e Paulinho agradece os parceiros e a presença de todos os peladeiros no campo do Auto Esporte.

Bom de bola

Quem está participando da Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais é Matheus Alencar, que já é da natação do COPM-BM e destaque no ranking nacional da CBDA. Matheus é filho de Juliana Carla da Silva Alencar (capitã da PM-PB) e Italo Santana Lucena (tenente da PM-PB). Chega para fortalecer o time sub-9 com um bom futebol.

 

05 . Out . 2018

Cara nova

Em: Coluna

A auditora do STJD Michelle Ramalho é a nova presidente da Federação Paraibana de Futebol. Depois de muita confusão nos bastidores e a presença de interventores na entidade, a eleição aconteceu no último sábado, com uma disputa bem acirrada mostrando também o prestígio do advogado e ex-diretor executivo da FPF, Eduardo Araújo, que era apontado como favorito, pois largou na frente da formação da sua chapa, mas no momento decisivo, deu Michelle Ramalho.

Foi uma disputa voto a voto sim. O que mais se comenta é que Michelle Ramalho contou com o apoio da ex-presidente Rosilene Gomes. E qual o problema? Mostra que Rosilene Gomes ainda tem força e prestígio com os clubes amadores que foram decisivos na vitória de Michelle Ramalho. Faltou para Eduardo Araújo um apoio mais concreto e fiel, pois muita gente cantou vitória antes do tempo.

Agora que a eleição aconteceu, cabe a Michelle Ramalho fazer uma avaliação sobre os que passaram pela presidência da Federação Paraibana de Futebol, aproveitar o que entender de positivo e colocar em prática um projeto inovador que possibilite o crescimento do futebol paraibano. Tem que ter profissionalismo em todos os setores para que algo de novo e bom possa acontecer a partir de agora.

Assim que foi eleita, Michelle Ramalho disse em entrevistas, que pretende reorganizar a FPF com transparência, responsabilidade e mudanças inteligentes no campo administrativo. Ela não tem identidade forte com o futebol, mas já mostrou que tem capacidade para administrar bem a Casa da Bola. A partir de agora, torcedores e dirigentes esperam por melhores dias para o futebol paraibano. Chega de tanta confusão dentro e fora de campo, sem nenhum sentido.

Grêmio Cief

O Grêmio Cief será uma das atrações da Taça Cidade João Pessoa de Futsal. O time já participa do Paraibano e conta com o apoio dos pais que acreditam na força do esporte. O Grêmio Cief tem no comando o professor Edival que promete fortalecer o projeto.

Positivo

O secretário de esportes de João Pessoa, Rodrigo Trigueiro, já está planejando para o mês de novembro o fechamento do estádio da Graça para que sejam realizados alguns melhoramentos para atender os desportistas de Cruz das Armas. A Sejer promete trabalhar com o objetivo de atender os peladeiros do bairro, assim como os jogos pelo Campeonato de Cruz das Armas na próxima temporada.

Negativo

Agora são os atletas que começam a se incomodar com a falta de torcedor em alguns estádios que foram colocados a disposição para as disputas do Campeonato Paraibano da Segunda Divisão. A competição perde a motivação e os clubes acumulam um grande prejuízo. No futebol paraibano acontece de tudo. Sempre para piorar o quadro. Faz tempo que não aparece algo novo e inteligente.

Futsal de base

Cresce a expectativa para as disputas da Taça Cidade João Pessoa de Futsal, que será realizada nos dias 12, 13 e 14 deste mês. O evento tem o apoio da Federação Paraibana de Futsal. Até o próximo sábado a comissão organizadora divulga a tabela da primeira fase da competição que promete sucesso total.

No foco

É de bom nível o trabalho que a professora Janaína Chianca faz no basquete de base da Ansef. Hoje e amanhã o time participa da fase semifinal da Copa RD, em Recife PE, onde enfrentará o forte time do Sport-PE.

Kaique Franca

Além de ter sido campeão pela Ansef no Campeonato Paraibano de Basquete, categtoria sub-13 masculino, Kaíque Franca foi escolhido o melhor jogador da partida decisiva contra o Motiva. Na temporada 2018, Kaíque Franca vem fazendo a diferença no time comandado pelo professora Janaína Chianca.

30 . Set . 2018

Do mesmo jeito

Em: Coluna

 

Não é filme de terror, nem história da carochinha. É o Campeonato Paraibano da Segunda Divisão que começou no último domingo, com atrasos, falta de policia e alguns campos bem distantes das exigências do Estatuto do Torcedor. No Almeidão tinha maca, mas não tinha maqueiros. Para agravar ainda mais a triste realidade, ainda tem gente que ignora as determinações do Ministério Público.

Quarta-feira, o estádio Romerão, em Galante, mostrou que é uma piada sem graça. A marcação do campo foge os padrões normais e pior ainda: as medidas das traves também estão erradas. Tudo foi registrado pela equipe de arbitragem escalada para o jogo entre Queimadense e Perilima. E a estrutura geral do campo?  Sem comentários. E assim aconteceu mais uma rodada da Segunda Divisão mostrando o amadorismo que é marca registrada no futebol da Paraíba.

O que mais irrita é saber que a Segundona  vai até o seu final com essa marca da desorganização. O Ministério Público disse que apenas os estádios Carneirão, em Cruz do Espírito Santos e o Jacintão em Sumé estão em condições de receber torcedores. Será que esse parecer do MP está sendo cumprido? Acredito que não e isso mostra que pouco se leva a sério do futebol profissional da Paraíba.

Essa falta de estrutura nos estádios da Paraíba é roteiro de um filme antigo, mas todos os anos o Campeonato Paraibano sofre com esse quadro, pois a discussão sempre começa com atraso. Podem ter certeza que em 2019, no início da temporada, esse mesmo problema vai gerar dor de cabeça para o departamento técnico da Federação Paraibana de Futebol. Para ser sincero, o que falta na realidade é punição para quem não cumpre as determinações.

Peladeiros da Torre

Será neste domingo, o Encontro dos Peladeiros da Torre, a partir das 7h, no estádio Mangabeirão. A coordenação é de Paulo Roberto de Morais (Paulinho). Antes da bola rolar tem café da manhã e homenagem para Nelson Faraó, que completa 84 anos .

Positivo

A organização da Taça Cidade João Pessoa de Futsal se reúne terça-feira para fechar oficialmente os grupos das principais categorias. O evento conta com apoio da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer) e da Federação Paraibana de Futebol. A bola vai rolar nos dias 12, 13 e 14 de outubro, nas categorias sub-6, sub-7, sub-8, sub-9, sub-10, sub-11 e sub-12. Contatos pelo telefone 9.9981-5263.

Negativo

E por falar em Taça Cidade João Pessoa de Futsal, que faz parte do calendário esportivo nordestino, as figurinhas carimbadas que tentaram a organização do evento perderam mais uma. O número de inscritos correspondeu ao planejamento da comissão organizadora e vai fortalecer o nível técnico. Na capital paraibana as figurinhas carimbadas continuam trabalhando contra o esporte.

Escolinha

A Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais continua recebendo alunos novatos na faixa etária entre 5 e 13 anos de idade. Os interessados devem procurar a secretaria do clube, ou ligar para 9.8802-6121 ou 9.9981-5263. As vagas estão abertas para sócios e não sócios, com aulas aos sábados e nas quintas-feiras.

No Foco
O presidente da Apcef-PB, Carlos Espínola, mais uma vez está apoiando a Taça Cidade João Pessoa de Futsal. Os jogos finais serão realizadas no domingo, dia 14, na Arena da Apcef. Carlão também aposta na força do esporte.

 

Na Argentina

O presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim (esq.), está na Argentina chefiando a delegação da Seleção Brasileira que faz amistosos contra os argentinos. Ele foi convidado pelo presidente da Confederação Brasileira de Futsal, Marcos Madeira (dir.). A FPFS está prestigiada no cenário nacional.