Top Post

Dezembro/2019




01 . Dez . 2019

Um 2020 diferente

Em: Coluna

Treze e Campinense não produziram nada de positivo para os seus torcedores em 2019. Por onde passaram deixaram marcas negativas, numa temporada realmente para ser esquecida pelas torcidas que esperam algo bem melhor em 2020, até por uma questão de respeito e pela tradição que os dois times têm no futebol profissional, mas que não corresponderam em 2019.

Mas tudo indica que em 2020 o quadro vai ser bem diferente. Pelo menos é essa a grande expectativa dos torcedores de dois grandes times do futebol profissional da Paraíba. Em Campina Grande existe uma cobrança muito forte em cima dos dirigentes, pois ninguém suporta tanto desmando administrativo e tanta decepção dentro de campo. O saldo negativo ainda incomoda e todos querem uma mudança radical, pelo bem do futebol da Rainha Da Borborema.

O Treze por onde passou brigou para não ser rebaixado. Isso com certeza serviu de lição, pois a diretoria começou a se planejar mais cedo, inclusive mantendo o técnico Celso Teixeira que foi o salvador da pátria para evitar a queda na Série C do Brasileiro. Os contatos para a formação do novo elenco já estão acontecendo e em que pese as dificuldades no campo financeiro, um bom elenco deve ser formado.

O Campinense também deixou a desejar por onde passou, para o desespero geral dos seus torcedores que contavam com a ascensão para a Série C. Só que o time nem passou da primeira fase de Série D. Agora a palavra de ordem é esquecer os números de 2019, formar um bom elenco e fazer a torcida feliz em 2020. O técnico Oliveira Canindé já começou a formação do elenco, o que com certeza vai gerar qualidade. Agora é esperar a bola rolar no próximo ano.


Leo Barbosa
O piloto paraibano, Leo Barbosa, segue treinando no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul-RS, se preparando para as últimas provas da temporada da Fórmula 3 Sul-Americana. No dia 7 estará no Prêmio Melhor do Esporte.

Homenagem
O presidente da Federação Paraibana de Desporto Escolar, Marcílio Ferreira,  foi homenageado no último dia 22, em Brasili, no Gran Tullyp Hotel, pela contribuição ao desenvolvimento do esporte escolar brasileiro. Recebeu a homenagem das mãos do presidente da Confederação Brasileira de Desporto Escolar, Antonio Hora. Satisfeito com o reconhecimento, começa a planejar a temporada 2020 para o desporto escolar da Paraíba.

31 . Dez . 2018

É triste

Em: Coluna

O final de ano não está sendo muito feliz para muita gente que vive o dia a dia do futebol profissional da Paraíba. A confusão nos bastidores é grande e isso ameaça o sucesso da temporada 2019, até porque ninguém sabe se a abertura oficial do Campeonato Paraibano acontecerá em 12 de janeiro, conforme tabela divulgada pela Federação Paraibana de Futebol, que questionou muito tarde os vetos aos estádios.

A presidente da FPF, Michelle Ramalho, que prometeu modernizar e profissionalizar o futebol paraibano precisa ter muito cuidado com as suas ações, pois nem todos integrantes da sua gestão estão vestindo a camisa. O quadro assim fica mais confuso e como não tem identidade forte com as malícias do futebol, Michelle Ramalho acaba errando por confiar demais e deixar a razão de lado.

Apesar de tudo, o Campeonato Paraibano está marcado para começar no próximo dia 12. A tabela divulgada será cumprida? Acredito que não. Muita coisa ainda vai rolar e volto a dizer que essa abertura da temporada está ameaçada, pois a cada dia os problemas acontecem e agora o foco se volta contra a eleição última na FPF, onde a presidente Michelle Ramalho precisa ter muito cuidado com o que fala e em quem confia.

Na cabeça do torcedor paraibano muitas dúvidas estão rolando, até porque não existe uma certeza sobre o início da temporada. Os dirigentes de clubes também estão temerosos, principalmente os que têm calendário reduzido. Afinal de contas, os investimentos são bem limitados e de acordo com o calendário da FPF. Se algo der errado, os pequenos vão pagar muito caro. Tudo isso é falta de planejamento para o futebol ter melhores dias. E o filme é bem antigo, como dizia o saudoso Ivan Bezerra.

Matrículas no futebol

A diretoria do Clube dos Oficiais informa que as matrículas continuam abertas para sócios e não sócios de 6 a 14 anos. O telefone para contato é 9.8802-6121. Durante as férias a bola rola sem maiores problemas. Hoje, a partir das 7h, tem o jogo dos pais com os alunos.

+POSITIVO

A entrega da premiação aos destaques da temporada do futsal aconteceu sábado passado, no Cabo Branco. O presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim e o seu vice, Karamuh Martins, ficaram satisfeitos com a participação dos filiados, que são responsáveis pelo êxito de mais um ano de gestão. A modalidade continua em crescimento e promete muito mais em 2019.

-NEGATIVO

O procurador do Ministério Público da Paraíba, Valberto Lira, que é coordenador da Comissão Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios, manifestou preocupação com o estádio Marizão, em Sousa. E o resto? Mais uma vez deixaram esse assunto para a última hora, o que com certeza vai gerar problema para a abertura do Campeonato Paraibano. Lamentável.

NO FOCO

O secretário de esportes de João Pessoa, Rodrigo Trigueiro, está fechando o calendário de 2018 satisfeito e destaca o apoio que recebeu do prefeito Luciano Cartaxo. Em 2019 a gestão promete muito mais, garante Rodrigo Trigueiro.


 

 

23 . Dez . 2018

No clima

Em: Coluna

Allan Hebert, que é nosso colega de batente aqui no Correio da Paraíba, saiu da Maravilha do Contorno na quarta-feira, entusiasmado com a formação ofensiva que o técnico Evaristo Piza escalou no segundo tempo do jogo contra o Palmeira-RN, com Rafael Ibiapino, Dico e Paulo Renê. Também gostou do desempenho do novo Botafogo, que em fase de pré-temporada deixou no ar a possibilidade de crescimento e qualidade, após a vitória de 3x0 no jogo-treino.

Em Campina Grande, Franco Ferreira que também integra a equipe do Correio da Paraíba, gostou do futebol que Treze e Campinense exibiram no último clássico do ano, que marcou a inauguração do novo gramado do Amigão. Franco Ferreira viu futebol de qualidade nos dois times e acredita que ambos vão crescer na pré-temporada e que farão bonito quando a bola rolar oficialmente em 2019.

É bom saber que os três maiores clubes da Paraíba estão empenhados na formação dos seus times para 2019. Em Campina Grande os torcedores compareceram em grande número ao Amigão e deixaram o estádio com boas perspectivas. O Treze ganhou o clássico por 1x0, mas o Campinense chegou perto de marcar em mais de uma oportunidade, o que deixou uma boa impressão para os seus torcedores.

Sei que ainda é cedo para se exigir futebol de qualidade, mas pelo menos nos jogos iniciais Botafogo, Treze e Campinense deixaram transparecer que a briga vai ser grande pelo título do Paraibano. Isso é bom, pois os outros clubes começam a despertar para contratar mais e entrar na briga com os grandes. Agora é esperar pelo fim do ano e pela certeza de que a bola vai mesmo rolar a partir de 12 de janeiro.

Os melhores

Com um time de primeira linha - Amauri de Aquino, Sérgio Montenegro, Allan Hebert e Raniery Soares - o Correio Esporte conquistou o primeiro lugar no Ibope. Os craques da comunicação esportiva prometem muito mais em 2019. A TV Correio continua fazendo a diferença.

+POSITIVO

O empresário Waldir Lucena é só alegria neste final de temporada. Ainda comemora a grande vitória do Treze por 1x0, contra o Campinense, na última quarta-feira. O Galo da Borborema recebeu a Taça Waldir Acessórios 30 anos e ainda deixou a sua torcida empolgada para a próxima temporada. Como conselheiro do Galo da Borborema, Waldir Lucena está confiante para o calendário de 2019.

-NEGATIVO

O início do Campeonato Paraibano será problemático, pois a maioria dos campos recebeu o veto do Ministério Público. Isso tem acontecido nos últimos anos e prejudicado o futebol profissional. Até jogos sem público vão acontecer, o que é lamentável. O problema é que todos os anos esse assunto é tratado de última hora e quem sofre é a Federação Paraibana de Futebol e os torcedores.

Futebol no COPM-BM

No próximo sábado, dia 29, acontece o jogo dos pais e alunos da escolinha de futebol, para fechar o ano de 2018 com sucesso. Durante as férias escolares, a garotada continuará em plena atividade. No Clube dos Oficiais as matrículas continuam abertas para sócios e não sócios de 6 a 14 anos. O telefone para contato é 9.8802-6121.

NO FOCO

E por falar em Clube dos Oficiais, depois do almoço de confraternização de ontem, entre os oficiais inativos, o coronel Francisco começou planejar ações para 2019. O esporte mais uma vez ganhará incentivos para continuar brilhando.

Homenageados

O empresário Reuben Cavalcanti e a empresária Patrícia Sousa (Magicar/Lifan) foram contemplados com o Prêmio Melhor do Esporte. Ambos têm identidades fortes com as causas do esporte, principalmente nas ações sociais. Eles já começam planejar a temporada 2019, pois sonham com melhores dias para o esporte paraibano.

22 . Dez . 2018

Giovana Campos se consagra como uma promessa real da natação brasileira

Em: Geral
Giovana Campos fecha mais uma temporada com saldo positivo na natação

Giovana Campos fecha mais uma temporada com saldo positivo na natação

Giovana Campos, nadadora do Clube dos Oficiais da Policia e Bombeiro Militar da Paraíba - COPM-BM - na categoria mirim II, fecha mais uma temporada positiva e com o perfil de uma das grandes promessas da natação em nível nacional.

Com talento, garra e muita determinação, Giovana Campos se destacou em todas as competições que disputou no ano de 2018, defendendo as cores da equipe do COPM-BM que tem a frente o professor Léo Palmeira, que está confiante na busca de grandes conquistas em 2019.

Giovana Campos foi campeã paraibana, pernambucana e norte- nordeste nos nados costas, borboleta e medley. No último torneio do ano, na cidade de Maceió-AL, ela recebeu o troféu eficiência da competição, pois ganhou ouro em todas as provas. “Realmente nadei muito bem em Maceió, aproveitando que a competição foi em piscina curta, minha especialidade, pois treino todos os dias nessas condições”.

Destaque no Brasil pelos tempos obtidos no ranking da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos – CBDA -  de 2018, Giovana Campos espera melhorar seu desempenho nas competições em piscinas longas no próximo ano.

Mudança - Em 2019, a nadadora irá nadar pela AquaR1 na categoria petiz I, e espera manter e ainda melhorar os seus resultados. “Encaro essa mudança normal, pois pretendo me especializar nas competições em piscina longa, e o meu novo clube irá me propiciar nessa nova jornada”, comentou.

 Para 2019 os objetivos de Giovana Campos estão sendo encarados com muito otimismo. “Tenho orgulho de treinar em João Pessoa e levar o nome da Paraíba no mais alto lugar do pódio nas competições fora daqui”. A atleta deve se apresentar ao novo clube no início de janeiro, a fim de se preparar para a nova temporada de importantes competições locais e nacionais.

16 . Dez . 2018

Nada fácil

Em: Coluna

O Botafogo-PB terá o Operário-MS como seu primeiro adversário na Copa do Brasil do próximo ano. Começa fora de casa a responsabilidade é grande, pois essa fase da competição é decidida em jogo único. Sendo assim, só cabe ao time paraibano vencer e vencer para poder pensar em disputar a segunda fase. Não vai ser nada fácil, já que o adversário é forte quando joga nos seus domínios e tem uma torcida exigente.

Já o Campinense Clube estreia em casa, contra o Botafogo-RJ. Um adversário de muita qualidade e que está se planejando para fazer uma temporada positiva em 2019. Mesmo assim a Raposa pode mostrar suas qualidades jogando no Amigão e contando com a sua apaixonada torcida que não terá o meu eterno amigo e irmão Rocha Filho, que deixou o nosso convívio este ano.

Agora que conhecem os adversários, Botafogo-PB e Campinense precisam se cuidar com muito mais afinco, pois não vai ser moleza essa Copa do Brasil. Acredito que para o time da capital a parada é muito mais difícil, já que vai jogar fora de casa contra um adversário difícil de ser vencido quando joga ao lado da sua torcida. A Raposa pode surpreender sim, desde que mostre qualidade e competência dentro de campo.

A sorte está lançada e a torcida paraibana espera que os dois times possam corresponder na Copa do Brasil, mesmo sabendo que Botafogo-PB e Campinense terão dificuldades na busca da classificação. Mesmo assim é importante que todos pensem positivo. O time botafoguense terá poucos torcedores fora de casa. Mas a Raposa no Amigão terá um grande público em seu favor e isso deve fazer a diferença quando a bola rolar.

Meus sentimentos

Perdemos na sexta-feira, mais um grande amigo na crônica esportiva da Paraíba. Deixou o nosso convívio o comentarista Sérgio Taurino, que já se encontra ao lado do pai, o saudoso Hermes Taurino. Jogamos juntos por muito tempo na Acep. Que Deus conforte toda a família.

+POSITIVO

O professor José Geraldo está fechando a temporada 2018 com saldo positivo no esporte. Além de ter realizado com competência os Jogos das Escolas Estaduais, na última quinta-feira foi campeão invicto da Liga Paraibana de Voleibol, comandando o time A do Unipê. Satisfeito com tudo que aconteceu, José Geraldo já começa a planejar o próximo ano para repetir o êxito.

-NEGATIVO

E quando será que vai começar a vistoria aos estádios que foram colocado a disposição do Paraibano de 2019? Até agora não se marcou nada e é motivo de preocupação para a Federação Paraibana de Futebol, que marcou o início da competição para o dia 12 de janeiro. Será que a bola vai rolar mesmo? Acredito que não, pois falta muito para atender o Estatuto do Torcedor.

Escolinha de Futebol

Depois de encarar a Escolinha da Ansef na última quinta-feira, a Escolinha de Futebol encarou o Santos na manhã de ontem, reunindo alunos na faixa etária entre 6 e 14 anos. No Clube dos Oficiais as matrículas estão abertas para sócios e não sócios. O telefone para contato é 9.8802-6121.

NO FOCO

O coronel Francisco de Assis tomou posse ontem, para novo mandato na presidência do Clube dos Oficiais. Promete mais trabalho com toda a sua diretoria e conselheiros. A festa começou às 20h e foi bastante concorrida.

Homenagem

O doutor Heraldo Rocha, que como atleta fez parte da era de ouro do handebol paraibano, foi contemplado com o Prêmio Melhor do Esporte, na grande festa realizada no Cabo Branco. Heraldo Rocha é botafoguense e torce pelo sucesso do esporte paraibano em todas as suas dimensões. Trata-se de um desportista nato.

14 . Dez . 2018

Na espera

Em: Coluna

Agora que os grupos do Campeonato Paraibano estão definidos, resta saber se a bola vai rolar sem problemas a partir do dia 12 de janeiro, como definiu a reunião do Conselho Arbitral. Estão fazendo muita festa como se tudo estivesse pronto para 2019, o que não está, já que a tradicional vistoria aos estádios ainda está para acontecer e de forma antecipada podem ter certeza que nem todos serão aprovados.

Pelo que se comenta nos bastidores não são todos os estádios que atendem as exigências do Estatuto do Torcedor. Assim como já aconteceu no passado, alguns serão aprovados com restrições, outros serão vetados, mas logo liberados sem levar muito em consideração o que foi exigido na vistoria. É sempre assim e acredito que em 2019 não vai ser diferente, o que é lamentável para o futebol paraibano.

De acordo com o sorteio, os dez times foram divididos em dois grupos. No Grupo A estão Sousa, Nacional de Patos, Serrano-PB, Treze e Botafogo-PB e no Grupo B Atlético-PB, Esporte de Patos, Perilima, Campinense e CSP. A tabela será divulgada nos próximos dias, mas ninguém sabe quando e isso com certeza vai atrapalhar o planejamento de quem trabalha com profissionalismo e com responsabilidade. A FPF com certeza também vai enfrentar problemas.

Quando assumiu a presidência da FPF, Michelle Ramalho prometeu mudanças para fortalecer o futebol paraibano em todas as suas dimensões. Até agora tudo está acontecendo como antes e se algo diferente não aparecer, o amadorismo no futebol profissional vai continuar, até porque não são todos os dirigentes que trabalham com planejamento inteligente. Preferem os arranjos e as coisas de última hora. Só resta ao torcedor esperar para que no dia 12 seja dada a grande largada.

Placar

Na edição de ontem do Jornal JÁ, informamos que o Friboi havia vencido o Super 5 por 5 a 0. Falha nossa na hora da digitação. Por isso, nossas desculpas ao pessoal do Super 5 e ficamos sempre à disposição deste conceituado clube do futsal paraibano.

Positivo

Dos 34 clubes com direito a voto, 26 participaram de uma Assembleia no último sábado e aperovaram a realização da eleição para escolha da nova diretoria da Federação Paraibana de Futsal para o próximo dia 29. O edital já foi publicado e tudo indica que agora o pleito vai acontecer sem maiores problemas, até porque a Assembleia é soberana. Esperamos o melhor para o futsal paraibano.

Negativo

O Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB) marcou para o próximo dia 19, um novo julgamento para o caso do Sport Lagoa Seca contra a Perilima. O final do ano está chegando e a polêmica continua, para o desespero da diretoria do Sport Campina, que quer a Perilima fora da elite do futebol paraibano. Agora resta saber se no dia 19 vai acontecer mesmo o julgamento. Tem muita gente apostando que não. Coisas do nosso futebol.

Planejamento

O departamento de esportes do Clube dos Oficiais informa que não vai parar em dezembro e continua matriculando alunos, sócios e não sócios. Ligue 9.8802-6121,

No foco 

O nutricionista Sebastião Filho, prestigiou mais uma vez o Prêmio Melhor do Esporte, passando muita energia positiva para os participantes do evento. Estava acompanhado do presidente do Botafogo, Sérgio Meira.

Escolinha Panaty

Francivaldo Andrade (c), presidente da Escolinha de Futebol Panaty, que tem suas atividades concentradas em Malta-PB, também recebeu homenagem no Prêmio Melhor do Esporte. Ele esteve acompanhado do preparador físico e coordenador, Alberto Soares (d). O projeto recebe o apoio significativo da Proton Energy.

12 . Dez . 2018

Que assim seja

Em: Coluna

Sérgio Meira sabe como é grande a sua responsabilidade como presidente do Botafogo. Aceitou o desafio por ser a melhor opção do momento e porque tem um carinho muito especial pelo clube e pela sua torcida. Agora trabalha dia e noite, sem alarde, para formar um bom time e superar os números que foram acumulados ao longo desse ano, inclusive colocando o Botafogo na Série B.

Sábado passado, durante o Prêmio Melhor do Esporte, Sérgio Meira chegou logo cedo ao Cabo Branco e a sua mesa foi bastante concorrida. Torcedores de todas as idades questionaram sobre o time e sobre o projeto para 2019. Com simpatia e responsabilidade, Sérgio Meira deixou todos bem informados e com a certeza de que o sonho da Série B continua vivo, como sempre gosta de dizer o ex-presidente e conselheiro, Nelson Lira Filho.

No Prêmio Melhor do Esporte Sérgio Meira sentiu a confiança dos torcedores e deixou bem claro que toda a diretoria está trabalhando com muita cautela para errar o mínimo possível na formação do elenco, contando com o apoio de dirigentes e conselheiros experientes no futebol. Isso é bom. Se as divergências forem colocadas de lado e prevalecer o espírito de união, os resultados vão acontecer naturalmente.

O momento é bom entre os botafoguenses e Sérgio Meira está motivado. Isso torna possível encurtar o caminho rumo a importantes conquistas em 2019. Paralelamente o elenco começou a trabalhar com Evaristo Piza também em clima de muita confiança. Cabe ao torcedor apostar no novo projeto e ter a consciência de que Sérgio Meira é botafoguense e quer o melhor para o clube em todos os segmentos.

Cabo Branco

A diretoria do Cabo Branco, representada pelo seu presidente, Gilberto Ruy, marcou para esta quarta-feira, as comemorações de mais um aniversário do clube. São 103 de fundação com muita tradição, principalmente no setor esportivo. A festa começa às 19h.

+POSITIVO

Não sei de quem partiu a iniciativa, mas esta reunião dos clubes no sábado de manhã, no Cabo Branco foi muito válida. O futsal paraibano vive um momento positivo com importantes conquistas em nível nacional e não deve apagar essa imagem por conta de divergências. Tudo indica que a maioria torce pela realização de uma eleição transparente e longe do tapetão.

-NEGATIVO
 

Quando será iniciada a reforma do ginásio do Centro de Educação da Polícia Militar, em Mangabeira? Faz mais de um ano que o equipamento foi interditado e continua esperando pela reforma prometida e necessária. A revolta é grande entre os pais de alunos, que estão vendo os filhos prejudicados em suas atividades físicas. No CFO os alunos também estão insatisfeitos. Lamentável.

 

08 . Dez . 2018

Na luta

Em: Coluna

Talento, garra e determinação o piloto paraibano Léo Barbosa tem de sobra para tornar realidade o sonho de chegar a Fórmula-1. O que lhe falta na realidade é um grande patrocinador para continuar em crescimento no automobilismo. Começou pelo kart e já chegou na categoria principal da Fórmula-3. No entanto, o fator financeiro tem atrapalhado os seus planos, já que depende apenas do respaldo financeiro da família.

Na festa do Prêmio Melhor do Esporte, que aconteceu com absoluto sucesso no último sábado, no Cabo Branco, lá estava Léo Barbosa sendo homenageado pelo que fez e que ainda fará defendendo as cores do automobilismo paraibano. A alegria era quase que total, pois Léo Barbosa sente o reflexo dessa barreira que é a falta de patrocinador para correr nos grandes centros.

As dificuldades financeiras são muitas, Mas Léo Barbosa não é de desistir. A família ainda percorre todos os caminhos na busca de um patrocinador máster, pois em 2019 tem muitas portas abertas para esse jovem talento do automobilismo paraibano. Se o apoio aparecer de verdade, Léo Barbosa vai correr muito mais e proporcionar momentos de alegria para o povo paraibano que aposta no seu talento e na sua vontade de crescer a cada dia na busca de um sonho.

Assim como Léo Barbosa, vi no Prêmio Melhor do Esporte talentos de diversas modalidades, reclamando a falta de apoio para poder representar a Paraíba no cenário nacional e até internacional. Quando será que vai acontecer uma mudança nessa triste realidade? Estou chegando aos 35 anos no jornalismo esportivo e esse cenário se repete ano a ano. Eu só espero que Léo Barbosa e a legião de talentos que temos não desistam dessa caminhada, pois a vitória tem sabor de mel. Com certeza serão vencedores em pouco tempo.

Melhor do esporte

Foi um sucesso a edição 2018 do Prêmio Melhor do Esporte. O restaurante panorâmico do Cabo Branco recebeu um público extremamente comprometido com as causas do esporte. Foi mais um momento de confraternização no esporte. Todos estão de parabéns.

Positivo

O time de futsal da AAPB na categoria sub-6 está fechando a temporada 2018 com um saldo positivo em todas as disputas que participou. Isso é fruto do trabalho que é coordenado pelo professor Rodrigo, com a participação efetiva dos pais que estão sempre apoiando o crescimento dessa garotada no esporte. Para 2019, Rodrigo já está com o seu grupo formado e promete novas conquistas.

Negativo

E tem umas figurinhas carimbadas que não se cansam de criar clima ruim no esporte paraibano. Perdem em todas as ações, mas estão sempre querendo atrapalhar a vida de quem trabalha com transparência e responsabilidade na Paraíba. Ainda bem que os verdadeiros desportistas que estão no dia a dia do esporte paraibano conhecem a maldade daqueles que falam sem saber o que estão falando.

Planejamento

Professores e coordenadores de modalidades esportivas do Clube dos Oficiais se reúnem hoje de manhã. O objetivo maior é planejar a temporada 2019. Reeleito para mais um mandato, o presidente do COPM-BM, Coronel Francisco, espera por mais resultados importantes em todos os seus segmentos.

No foco 

Nadando pela primeira vez os 100 metros costas em piscina curta, no Pernambucano, Giovana Campos, atleta do COPM-BM, marcou o segundo melhor tempo do Brasil - 1.26'70 - mostrando que vai muito mais além em 2019.

Léo Barbosa

O piloto Léo Barbosa (de preto) e a diretora da Interser, Cláudia Franca, receberam suas homenagens no Prêmio Melhor do Esporte, ladeados pelo professor do Colégio Polígono, Jorge Carvalho, e do diretor financeiro da Interser Victor Yared. Todos acreditam na força do esporte e tem ações importantes no crescimento desse segmento.

03 . Dez . 2018

Segue firme

Em: Coluna

No Botafogo o presidente Sérgio Meira não tem pressa para fechar o elenco, mas está contratando com cautela e atendendo as exigências do técnico Evaristo Piza que está fazendo as indicações. Tudo isso de acordo com as finanças do clube e com o objetivo de fazer a torcida feliz em 2019, superando os números que foram registrados na presente temporada.

A cada dia Sérgio Meira mostra que conhece muito bem a realidade do Botafogo e trabalha para não mudar a estratégia que foi montada nos últimos anos e que deixou o clube com todos os seus compromissos em dia, contando com o controle rigoroso do conselheiro Raimundo Nóbrega que sempre colabora com todas as gestões, pois é botafoguense de verdade.

Acredito que Sérgio Meira está no caminho certo e com a capacidade administrativa que tem vai colocar os seus planos em dia sem maiores problemas. Os conselheiros também estão unidos e motivados e todos trilham pelo mesmo caminho. Assim segue o Botafogo se preparando para 2019, onde o sonho mais uma vez é conquistar a vaga para a Série B. Mas Sérgio Meira garante que tem muito mais para oferecer ao torcedor.

Além de pensar na formação do elenco, Sérgio Meira já começa inovando na sua gestão. Encaminhou ao Conselho Deliberativo proposta para duplicar a quantidade do número de conselheiros, hoje composto por 50 membros. A matéria será apreciada no dia três de dezembro, em reunião já convocada pelo presidente Giuseppe Scarano (Tio Pepe). A expectativa é grande e muitos botafoguenses estão esperando a aprovação para fazer parte deste seleto grupo. Tudo isso significa crescimento.

Melhor do Esporte

O Prêmio Melhor do Esporte prealizado sábado, no Cabo Branco, foi um dos melhores dos últimos anos. A premiação em grande estilo foi produzida pela Arte e Molduras, do empresário Esdras Asfora Sousa e valoriza aqueles que fortalecem a marca do esporte paraibano.

+ Positivo

Técnico, atletas, dirigentes, pais de atletas e empresários formaram uma só família no Prêmio Melhor do Esporte. A confraternização aconteceu sábado, no Esporte Clube Cabo Branco. O evento que entrou na sua décima sexta edição, reconhece o trabalho de muitas personalidades que fortalecem o esporte paraibano. Tudo com muito critério ao avaliar as indicações.

- Negativo

Um amigo bem identificado com a atual gestão da Federação Paraibana de Futebol me disse ontem, por telefone, que é grande a preocupação da presidente Michelle Ramalho, com relação ao início do Campeonato Paraibano, programado para o dia 12 de janeiro. Além dos problemas dos estádios, ainda tem ações na Justiça Desportiva que podem atrapalhar o planejamento da entidade para a temporada.

Escolinha em ação

O departamento de esportes do Clube dos Oficiais avisa que continua recebendo alunos novatos - sócios e não sócios - para a sua Escolinha de Futebol. Os interessados podem ligar para 9.8802-6121 e 9.9981-5263. As atividades reúnem alunos na faixa etária entre 6 e 14 anos. O calendário de 2019 já está sendo elaborado.

NO FOCO

O ex-presidente da Federação Paraibana de Futsal, Geraldo Magela, participou do Prêmio Melhor do Esporte. É um desportista de respeito e com relevantes serviços prestados ao futsal da Paraíba como, dirigente, atleta e árbitro.

Prestígio

O secretário de esportes de João Pessoa, Rodrigo Trigueiro, esteve entre os homenageados  no Prêmio Melhor do Esporte. Com trabalho e ações positivas tem fortalecido a gestão do prefeito Luciano Cartaxo. Rodrigo Trigueiro também investe na juventude, com a realização de eventos nos principais bairros de João Pessoa.

27 . Dez . 2017

Faz bem

Em: Coluna

Faz tempo que conheço Ailton Cavalcanti no comando da Federação Paraibana de Beach Soccer. Foi quem mais incentivou essa modalidade até hoje, e em que pese às ações das figurinhas carimbadas que costumam atrapalhar a vida de quem trabalha, o beach soccer paraibano é respeitado nacionalmente, pois Ailton Cavalcanti nunca se curvou diante das ações dos que se acham poderosos.

Na Paraíba Ailton Cavalcanti agradece quando tem o apoio do poder público na realização de eventos, mas também reclama quando ele fica ausente. Tem sido assim a sua postura que se traduz em respeito e crescimento da modalidade, que tem avançado e muito com o processo de interiorização em mais uma grande iniciativa de Ailton Cavalcanti.

No último evento oficial da temporada a cidade da Jacaraú sediou a Copa Nordeste de Beach Soccer. Foi armada uma arena de nível, bastante elogiada por quem prestigiou a competição. Lá estava Ailton Cavalcanti com sua tropa de guerreiros, que com apoio da Prefeitura Municipal da Jacaraú fechou o ano com chave de ouro.

E por falar em fim de temporada, Ailton realizou no final de semana uma festa de confraternização para premiar os que gostam, apoiam e praticam o beach soccer. Foi outro grande evento que só fortaleceu a marca da modalidade. As dificuldades existem, mas a força do trabalho tem superado os obstáculos. As falhas também aparecem, mas os acertos são muitos. E assim Ailton Cavalcanti e os guerreiros do beach soccer caminham para 2018, em busca de novas conquistas para a modalidade.

Natação

O professor Antônio Meira Leal destaca neste fim de temporada o desempenho da equipe de natação do Grêmio Cief, que alcançou importantes resultados ao longo do ano, na Paraíba e no cenário nacional. Antônio Meira garante que o trabalho vai continuar forte em 2018.

+POSITIVO

Antes mesmo da realização do jogo, o ex-atleta Peninha, em entrevista ao jornalista Franco Ferreira, manifestou toda a sua satisfação com o apoio que vinha recebendo para se recuperar da cirurgia que fez. Peninha agradeceu aos atletas que estão de férias em João Pessoa e que organizaram o evento, assim como os desportistas que apoiaram na realização do jogo.

-NEGATIVO

O futebol apresentado pelo Campinense no amistoso em que venceu o Auto Esporte por 1x0 mostra que os dois times ainda precisam melhorar e muito para as disputas do Paraibano. Na realidade as equipes estão precisando de mais qualidade. Sendo assim, os dirigentes precisam correr para agilizar novas contratações para evitar que o pior aconteça quando a bola rolar a partir do dia 7.

Em Malta

Alberto Soares e Francivaldo Andrade foram os fundadores de uma escolinha de futebol na cidade de Malta com intuito de educar crianças através do esporte. O trabalho começou com 40 garotos e hoje já atende 75. A Prefeitura Municipal de Malta acredita no projeto e tem incentivado as ações dos professores e dirigentes.

NO FOCO

O professsor Massilon confirmou para sábado, o término das aulas da Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais em 2017. A diretoria está matriculando para 2018, com vagas para sócios e não sócios. Ligue 9.8802.6121.

Nelson Lira

Sempre confiante no Botafogo, Nelson Lira (d) acredita que em 2018 o calendário será mais uma vez exigente, mas que o time tem tudo para conquistar importantes resultados e brigar pelo bicampeonato. As contratações animam a torcida e Nelson considera esse fator positivo.