Top Post

14 . Jul . 2013

Sem base

Em: Coluna

José Hygino Guerra (Guerrinha) que como diretor do Auto Esporte é um vitorioso, pois foi campeão duas vezes, tem razão quando tenta despertar os dirigentes do futebol da Paraíba para que valorizem as categorias de base. Sábado passado, numa conversa descontraída no Picuí Praia, ele deixou bem claro que os grandes centros estão avançando e ganhando dinheiro, porque estão trabalhando forte em cima dos novos talentos.

Como conhece bem o futebol do Nordeste, Guerrinha vê a Paraíba com espaços de sobra para fortalecer o trabalho na base. Basta lembrar que Botafogo e Auto Esporte tem seus estádios próprios, assim como Campinense e Treze. Sousa, Nacional e Atlético também têm espaço para trabalhar bem na base, mas todos ainda são gigantes adormecidos e preferem gastar dinheiro com quem vem de fora, às vezes apenas para fazer turismo.


Concordo com Guerrinha e eu espero que pelo menos os clubes tradicionais como Botafogo, Auto Esporte, Treze e Campinense acordem para a realidade mundial, onde todo mundo fortalece a base. Por incrível que pareça quem mais trabalha os novos talentos hoje na Paraíba é o CSP, que ganha dinheiro e não precisa fazer grandes investimentos para disputar a Primeira Divisão. Antes que seja tarde, os dirigentes paraibanos precisam acordar sim, pois valores nós temos é muito. Basta trabalhar.

Mazureick

Mazureick Maciel, que é técnico de Futsal no Colégio Motiva e no Cabo Branco, foi convocado mais uma vez para integrar a comissão técnica da seleção brasileira de fustal. Se apresenta no dia 30.

Positivo

O professor Adenilson Maia (União) foi convidado e decidiu reintegrar a equipe de professores da Vila Olímpica Ronaldo Marinho e já está em plena atividade. Com a larga experiência que tem em todos os segmentos esportivos, União com certeza vai valorizar o trabalho que já vem sendo feito naquele complexo esportivo.

Negativo

A diretoria do Esporte de Patos está prometendo lutar contra tudo e contra todos para disputar o Paraibano da Segunda Divisão. A Federação Paraibana de Futebol já divulgou a tabela da competição e garante que não muda. O Flamengo Paraíbano está em silêncio, mas promete novidades ao longo da semana. Vem mais confusão por aí.

No Foco

Muita boa a apresentação do Plano Plurianual Participativo da Sejer, feita pelo secretário de esportes de João Pessoa, Sérgio Meira. Tudo indica que até 2017 a cidade terá um grande crescimento no esporte.

Torre

Durante a apresentação do Plano Plurianual Participativo da Sejer, o secretário Sérgio Meira confirmou que é interesse do prefeito Luciano Cartaxo, construir um campo de futebol na Torre. A proposta de Sérgio Meira agradou ao presidente da Associação de Clubes Amadores da Torre, Ailton Cavalcanti.

Mangueira

O campo de futebol da Mangueira, no bairro do Rangel, também receberá uma atenção especial da Prefeitura de João Pessoa. Pelo menos foi o que deixou em evidência na última sexta-feira, o secretário de esportes de João Pessoa, Sérgio Meira. Com certeza será mais um equipamento para valorizar a prática do futebol amador.

Cabo Branco

Muito bom o trabalho que o professor Eduardo Silvestre está fazendo com o futsal feminino do Cabo Branco. Amanhã à noite, o time vai decidir o título de campeão paraibano contra a forte equipe da Servecar. Eduardo Silvestre destaca o apoio que vem recebendo do presidente Antônio Toledo e lembra que esse projeto foi inciado no futebol com o professor Rogério Velinho, da Gesports Consultoria e Marketing Esportivo. Mesmo respeitando o adversário de amanhã, Eduardo Silvestre aposta na conquista do título.