Top Post

29 . Mai . 2013

Se terminasse hoje, o Palmeiras estaria na Série A

Em: Coluna

Tudo bem que a estrada é longa, a maratona exige muito fôlego, mas se a Série B terminasse hoje, o Palmeiras já estaria de volta à elite do futebol brasileiro. Mostrou autoridade ao derrotar o ASA em Arapiraca, um time que, há 11 anos, protagonizou um dos maiores vexames da sua história, eliminando-o na primeira fase da Copa do Brasil.


Mas não era somente o passado do time alagoano que preocupava a torcida e o próprio Gilson Kleina. O ASA chegou à final da Copa do Nordeste (e foi vice-campeão, diante do Campinense) nesta temporada, o que comprova alguma qualidade.


A sorte é que o Palmeiras de ontem foi um time organizado, agressivo e ousado. Teve ainda a felicidade de contar com atuações individuais destacadas, coisa que não acontecia há algum tempo. Henrique, Leandro, Juninho, Tiago Real e até o contestado centroavante Kleber, todos estiveram acima da média.


O caminho, é bom a gente repetir, é muito longo, mas o Palmeiras fez o que todo time grande tem a obrigação de fazer quando cai pra segunda divisão: começou impondo respeito e bateu asa pra voar.