Top Post

13 . Nov . 2019

Pensando bem

Em: Coluna

A pré-temporada está cada vez mais próxima e a diretoria do Botafogo continua no mercado da bola para atender os pedidos que foram feitos e não revelados pelo técnico Evaristo Piza. O trabalho acontece com muita cautela, pois o presidente Sérgio Meira quer acertar mais nas contratações para fortalecer o projeto que foi elaborado para 2020, e por isso mesmo não existe pressa e sim muito cuidado na hora do acerto final.

Hoje a diretoria do Botafogo já tem 23 atletas para o exigente calendário do próximo ano. As novidades são Everton Heleno (meia), Luiz Gustavo (zagueiro), Lohan (atacante), Mário Sérgio (lateral), Maikon Aquino (atacante), Samuel Pires (goleiro), Rodrigo Andrade (meia) e Mário Sérgio (atacante). Não tenho certeza, mas acredito que todos assinaram contrato com o aval de Evaristo Piza que está mais cuidadoso com a qualidade do seu grupo de trabalho.

Além dos que assinaram contrato e só esperam a bola rolar oficialmente na Maravilha do Contorno, a diretoria também acredita que poderá contar com Marcelo Xavier (zagueiro) e Cássio Gabriel (meia), que já deram o sim, mas falta o preto no branco. Quem conhece bem os nomes citados, revela que a qualidade do elenco vai superar o grupo de 2019. Isso é bom e serve de motivação para a torcida que espera muito mais do time em 2020.

E quando o torcedor revela toda a sua ansiedade, o foco maior está no acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro. O Botafogo vem batendo na trave nessa caminhada, mas tudo indica que os cuidados agora são maiores e o objetivo é mesmo alcançar a Segundona, o que seria um prêmio muito especial para o presidente Sérgio Meira, que tem acumulado resultados importantes na sua gestão. Enquanto a bola não rola, a torcida sonha bem animada com o que já está acontecendo.

Sem apoio

O final da temporada se aproxima e com isso aumenta o número de atletas nos semáforos, pedindo apoio para as disputas em nível nacional. Por onde anda a tão prometida política pública para o esporte? Sinceramente, a Paraíba não tem jeito mesmo.

Positivo

O presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim, continua com o seu prestígio em alta na Confederação Brasileira de Futsal. Semana passada pediu uma alteração na tabela da Taça Brasil Sub-13 que acontecerá de 25 a 29 de novembro, em Recife e logrou êxito. A Chave que tem Fluminense-RJ, Minas Tênis Clube-MG  e Lions-PB terá dois times classificados e não um. Bom demais.

Negativo

E as figurinhas carimbadas do futsal paraibano que não acreditavam na mudança da tabela da Taça Brasil, perderam mais uma. O pedido de Bosco Crispim foi acatado e o futsal paraibano saiu no lucro. Sinceramente, assim como acontece no futebol profissional, o futsal paraibano precisa  eliminar essas figurinhas carimbadas do cenário esportivo. Passam o tempo todo querendo prejudicar quem trabalha.

É de Campina Grande

O time do Lions foi campeão paraibano no ano passado e por isso mesmo vai representar a Paraíba na Taça Brasil que será realizada em Recife, a partir do próximo dia 25. O elenco tem as suas atividades concentradas em Campina Grande e tem tudo para fazer uma campanha positiva na competição nacional.

No Foco

Carlos Espínola, presidente Apcef-PB, está  confirante no sucesso da Supercopa Apcef, que começa hoje e termina no próximo domingo, com a coordenação de Márcio Meira. O evento promete ser um sucesso.

Escolinha de Futebol

A diretoria do Clube dos Oficiais continua recebendo alunos novatos para a sua Escolinha de Futebol, com atividades na sede de João Pessoa. Vagas para sócios e não sócios, na faixa etária entre 5 e 14 anos. Os contatos podem ser feitos pelo telefone 9.8802-6121. Para o mês de novembro a comissão técnica está programando uma série de amistosos com o objetivo de avaliar o trabalho que vem sendo realizado com a garotada.