Top Post

30 . Set . 2018

Do mesmo jeito

Em: Coluna

 

Não é filme de terror, nem história da carochinha. É o Campeonato Paraibano da Segunda Divisão que começou no último domingo, com atrasos, falta de policia e alguns campos bem distantes das exigências do Estatuto do Torcedor. No Almeidão tinha maca, mas não tinha maqueiros. Para agravar ainda mais a triste realidade, ainda tem gente que ignora as determinações do Ministério Público.

Quarta-feira, o estádio Romerão, em Galante, mostrou que é uma piada sem graça. A marcação do campo foge os padrões normais e pior ainda: as medidas das traves também estão erradas. Tudo foi registrado pela equipe de arbitragem escalada para o jogo entre Queimadense e Perilima. E a estrutura geral do campo?  Sem comentários. E assim aconteceu mais uma rodada da Segunda Divisão mostrando o amadorismo que é marca registrada no futebol da Paraíba.

O que mais irrita é saber que a Segundona  vai até o seu final com essa marca da desorganização. O Ministério Público disse que apenas os estádios Carneirão, em Cruz do Espírito Santos e o Jacintão em Sumé estão em condições de receber torcedores. Será que esse parecer do MP está sendo cumprido? Acredito que não e isso mostra que pouco se leva a sério do futebol profissional da Paraíba.

Essa falta de estrutura nos estádios da Paraíba é roteiro de um filme antigo, mas todos os anos o Campeonato Paraibano sofre com esse quadro, pois a discussão sempre começa com atraso. Podem ter certeza que em 2019, no início da temporada, esse mesmo problema vai gerar dor de cabeça para o departamento técnico da Federação Paraibana de Futebol. Para ser sincero, o que falta na realidade é punição para quem não cumpre as determinações.

Peladeiros da Torre

Será neste domingo, o Encontro dos Peladeiros da Torre, a partir das 7h, no estádio Mangabeirão. A coordenação é de Paulo Roberto de Morais (Paulinho). Antes da bola rolar tem café da manhã e homenagem para Nelson Faraó, que completa 84 anos .

Positivo

A organização da Taça Cidade João Pessoa de Futsal se reúne terça-feira para fechar oficialmente os grupos das principais categorias. O evento conta com apoio da Secretaria de Juventude, Esporte e Recreação (Sejer) e da Federação Paraibana de Futebol. A bola vai rolar nos dias 12, 13 e 14 de outubro, nas categorias sub-6, sub-7, sub-8, sub-9, sub-10, sub-11 e sub-12. Contatos pelo telefone 9.9981-5263.

Negativo

E por falar em Taça Cidade João Pessoa de Futsal, que faz parte do calendário esportivo nordestino, as figurinhas carimbadas que tentaram a organização do evento perderam mais uma. O número de inscritos correspondeu ao planejamento da comissão organizadora e vai fortalecer o nível técnico. Na capital paraibana as figurinhas carimbadas continuam trabalhando contra o esporte.

Escolinha

A Escolinha de Futebol do Clube dos Oficiais continua recebendo alunos novatos na faixa etária entre 5 e 13 anos de idade. Os interessados devem procurar a secretaria do clube, ou ligar para 9.8802-6121 ou 9.9981-5263. As vagas estão abertas para sócios e não sócios, com aulas aos sábados e nas quintas-feiras.

No Foco
O presidente da Apcef-PB, Carlos Espínola, mais uma vez está apoiando a Taça Cidade João Pessoa de Futsal. Os jogos finais serão realizadas no domingo, dia 14, na Arena da Apcef. Carlão também aposta na força do esporte.

 

Na Argentina

O presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim (esq.), está na Argentina chefiando a delegação da Seleção Brasileira que faz amistosos contra os argentinos. Ele foi convidado pelo presidente da Confederação Brasileira de Futsal, Marcos Madeira (dir.). A FPFS está prestigiada no cenário nacional.