Top Post

12 . Nov . 2017

Tudo como antes

Em: Coluna

A Federação Paraibana de Futebol divulgou a tabela do Campeonato Paraibano do próximo ano, mas sem os locais dos jogos, para não ficar diferente do que aconteceu no ano passado. Tudo errado como antes e pelo mesmo problema: os campos não atendem as exigências do Estatuto do Torcedor.

No ano passado quando aconteceu o mesmo dilema para divulgar a tabela, alertamos que o fato se repetiria para o Campeonato Paraibano de 2018. Não deu outra. Os campos não atendem o Estatuto do Torcedor e a FPF que tem prazo para divulgar a tabela, decidiu apresentar para os clubes e para a imprensa, sem os locais e no último minuto do tempo que tinha a sua disposição.

O futebol da Paraíba é uma brincadeira de mau gosto mesmo. O tempo passa, mas nesse segmento as mudanças são mínimas e o amadorismo não deixa de existir. É de fazer pena mesmo, quando a Paraíba é comparada aos Estados vizinhos. Sempre sai no prejuízo, pois profissionalismo que é bom não existe. Com isso as falhas continuam sempre em evidência.

O pior de tudo é que a FPF tinha conhecimento da situação dos campos, mas fez o maior mistério para divulgar uma tabela chamada de básica. Sinceramente, isso tem que acabar gente, pois o torcedor está cansado de tanta desorganização. Continuam brincando de fazer futebol na Paraíba, o que é lamentável. Com isso o torcedor paga caro para assistir pobres espetáculos. Ainda bem que o calendário ficou mais curto, o que ameniza a dor.

Futsal em alta

Na etapa João Pessoa dos Jogos das Escolas Estaduais o futsal tem mostrado um bom nível. A rodada de ontem, no ginásio do Centro de Educação da PM, a garotada mostrou qualidade e atraiu um bom público, A rodada definiu a fase semifinal que acontece na segunda-feira.

Positivo

O paraibano radicado no Rio de Janeiro, Samuel Igo, está na reta final do circuito latino americano que acontece em praias geralmente de ondas perfeitas a exemplo da que esse fim de semana decide a temporada. Na condição de vice-líder após segundo lugar na etapa anterior, Samuel é apontado como sério candidato ao titulo de 2017 que se prevê ser decidido hoje no Peru.

Negativo

Agora vai começar a corrida dos times que não querem perder mando de campo no Campeonato Paraibano do próximo ano. O Ministério Público promete agir com rigor mais uma vez e só vai liberar o campo que atender a maioria das exigências do Estatuto do Torcedor. O pior é que tem clube sabendo que vai ter que jogar longe da sua torcida, por falta de campo. É a realidade do nosso pobre futebol.

Na Taça Brasil

O time da Apcef-PB, comandado pelo professor Paulo Mendonça, entra na reta final dos preparativos para a Taça Brasil de Futsal Sub-11, que acontece de 21 a 25 deste mês, em João Pessoa. A diretoria da Apcef-PB, representada pelo presidente Carlos Espínola, está dando total apoio ao trabalho.

No Foco


O professor Jorge Carvalho, que tem relevantes serviços prestados ao voleibol paraibano, será um dos homenageados no Prêmio Melhor do Esporte, no mês de dezembro, no Cabo Branco. Ele merece.

Ivan Fernandes

O árbitro Ivan Fernandes (D) chega aos seus 68 anos com 48 dedicados a arbitragem no futsal. Ontem de manhã, Pitombão como é conhecido carinhosamente, estava em atividade nos Jogos das Escolas Estaduais, trabalhando com Elias Pereira (E) e Cláudia Silva.

Comente

Últimos Comentários

    Nenhum resultado encontrado.