Top Post

28 . Mar . 2013

Romário defende Andrés Sanchez no lugar de Marin na CBF

Em: Coluna

Virou uma obsessão para o deputado Romário tirar José Maria Marin da CBF. Numa entrevista ao Estadão de hoje, o Baixinho chegou ao cumulo de dizer que está com saudades de Ricardo Teixeira. E surpreendeu ao anunciar o nome de sua preferência para disputar a presidência:


“Tem um que já esteve lá do outro lado, que tem seus defeitos, tem seus problemas, como todos nós, mas que já deu provas de que é um ótimo administrador e botou o Corinthians no topo. Se ele hoje, o Andrés Sanchez, se candidatasse à presidência da CBF, muito provavelmente teria meu apoio. Outro nome que também seria excelente é o Raí, um cara íntegro, inteligente, muito respeitado. O ideal seria uma chapa unindo eles dois”, disse.


Romário mostrou ainda que ainda sabe “driblar” bem. O repórter Silvio Barsetti perguntou: “Se o senhor tivesse de escolher hoje, para um novo mandato presidencial, entre Aécio, Dilma, Marina e Eduardo Campos, que é do seu partido, o PSB, qual seria a sua opção?”


Ele respondeu:
“Pergunta difícil. A Dilma pegou muitos problemas do governo anterior, botou a casa em ordem em um ano e meio, embora hoje já deixe um pouco a desejar. Se tivesse de optar hoje ainda não teria uma definição”.